Major Hudson revela nome do principal suspeito de matar criança de 8 anos em Codó

Em entrevista a repórter Emanuela Carvalho, da TV Cidade, o Major Hudson, da Polícia Militar revelou a identidade do principal suspeito de matar uma criança de 8 anos durante tiroteio ocorrido na noite desta sexta-feira (04) na rua Carlos Palhano, bairro São Sebastião, em Codó, no interior do Maranhão.

Major Hudson confirmou que um homem identificado como “Gabrielzinho” estava perseguindo e trocando tiros com “Jefinho”, que foi atingido por três tiros nas costas e caiu no meio da rua. Assista abaixo

De acordo com informações de testemunhas, dois bandidos em um carro de cor branca passaram perseguindo um homem que estava em uma moto Honda Bros. Um deles sacou uma arma e começou a disparar na direção do motociclista, que foi atingido por três tiros nas costas.

O piloto da motocicleta foi identificado como Carlos Jeferson de Morais Leal, popularmente conhecido como “Jefinho”, de 20 anos. Ele foi encaminhado para o Hospital Geral Municipal (HGM). A equipe médica de plantão confirmou que ele perdeu os movimentos das pernas e poderá ficar paraplégico.

Carlos Jeferson foi atingido por três tiros nas costas (foto: redes sociais)

O tiroteio, ocorrido no meio da rua, deixou uma vítima fatal. Testemunhas também informaram que Lucas Stenio Moreira, de 08 anos, estava brincando na porta de casa quando foi atingido no rosto por um dos tiros. Uma equipe do SAMU chegou rapidamente ao local, mas a criança não resistiu aos ferimentos e morreu antes de ser socorrida. 

O pequeno Lucas Moreira é filho do policial militar Manoel Domingos Moreira, que morreu aos 38 anos em 2013 após ser baleado em troca de tiros com bandidos na cidade de Timbiras. Moreira foi atingido um tiro no rosto e outro abaixo do peito, que acabou atingindo o pulmão e o coração. Os disparos teriam sido feitos por um suspeito de tráfico de drogas.