Luana Costa integra delegação que discute empoderamento de mulheres em Nova Iorque

Começou nesta segunda-feira (12), em Nova Iorque, a 62ª Comissão da ONU sobre a Situação das Mulheres (CSW) com o tema Empoderando Mulheres e Meninas Rurais. Organizada pelo Conselho Econômico e Social da ONU (ECOSOC) com o apoio da ONU Mulheres, a CSW tem como objetivo debater estratégias políticas e compromissos para o avanço da igualdade de gênero e do empoderamento de mulheres e meninas que vivem em áreas rurais em todo o mundo. O encontro acontece na sede das Nações Unidas, até dia 23 de março.

Sete deputadas federais integram a delegação brasileira na CSW, entre elas a socialista Luana Costa (PSB-MA). “É de extrema importância que o mundo esteja voltando seus olhos para as trabalhadoras rurais. Durante esses dias estou acompanhando e conhecendo outras realidades e assim vendo que essas trabalhadoras têm muito que conquistar ainda”, disse. A parlamentar, que integra a bancada feminina na Câmara, acredita que a discussão é o caminho para melhores condições de trabalho e vida dessas mulheres.

Também fazem parte da discussão a Secretaria Nacional de Políticas para Mulheres da Secretaria de Governo da Presidência da República e a Divisão de Temas Sociais do Ministério das Relações Exteriores (representando o governo brasileiro). Além de representantes da sociedade civil e lideranças empresariais que desenvolvem políticas para a promoção da equidade de gênero e raça.

A deputada federal Soraya Santos (MDB-RJ), coordenadora da representação do parlamento brasileiro na delegação, afirma que a Câmara dos Deputados buscou constituir perfil diverso na representação oficial na CSW 62. “Na delegação temos deputadas que atuam no debate de direitos humanos e pessoas com deficiência, que discutem as questões da população negra e a violência, como os assassinatos de jovens negros, deputadas que acompanham a agenda de saúde das mulheres negras, e integrantes da Frente Parlamentar Rural.”

O estado brasileiro levou para pauta a sensibilização para o enfrentamento à violência contra mulheres e meninas no meio rural e os problemas e desafios para o desenvolvimento de políticas que assegurem às mulheres o direito humano a uma vida sem violência.

Assessoria  de Imprensa ( Luana Costa)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!