Justiça Federal determina a anulação da eleição da OAB em Codó

O Juiz Federal José Carlos do Vale Madeira determinou a anulação imediata da eleição da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Subseção de Codó. O magistrado julgou inválido o resultado das eleições ocorridas em 2018.

O principal argumento acolhido na ação é de que a chapa do atual presidente, Thiago Maciel, estaria incompleta.  De acordo com a decisão José Carlos do Vale Madeira, a eleição de 2018 deve ser extinta e uma nova deverá ser realizada (clique aqui e confira a decisão na íntegra).

4 Comentários

  1. A Justiça tarda mais não falha. Durante todo esse tempo essa turma de Advogados perdedores falavam em fraude. E agora Depois da sentença do Juiz federal cassando a liminar que mantinha a chapa, irão dizer o que mesmo? Kkkk. Não tem jeito. Vai ocorrer nova eleição em Codó, pois a Chapa que teve o voto do Grupo do Thiago Diaz, sempre foi irregular.

  2. Onde eståo os Defensores do Thiago Diaz que não dizem nada sobre esse Ato Ilegal e Imoral desse Presidente da OAB-MA. Deu posse a uma Chapa Irregular. Que vergonha para a OAB-MA.KKKK

  3. O grupo do Tiago Diaz votou no chapa derrotada desinformado.

    • Caro atento procure se informar melhor. O Grupo dos perdedores de sempre (.Ribamar,Yuri e seus seguidores) votaram todos no Tiago Maciel, nos bastidores todos foram contra a chapa de Dr. Jose Mendes. . E agora todos foram derrotados. Inclusive o Presidente da OAB-MA. kkkk

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo está protegido !!