Justiça Eleitoral cassa liminar de Zé Francisco que censurou o jornalista Marco Silva

A Justiça Eleitoral suspendeu nesta quarta-feira (11) a liminar que determinou a retirada da matéria sobre a descoberta de uma rede de páginas e contas falsas ligadas a Zé Francisco para atacar Zito e seus aliados.

O pedido de retirada da matéria foi feito pelo candidato a prefeito Dr. Zé Francisco (PSD), que conseguiu censurar o jornalista Marco Silva após passar falsas informações para a Justiça Eleitoral. A Juíza Flávia Pereira da Silva Barçante reavaliou o caso e entendeu que a publicação detém nítido conteúdo jornalístico e não pode ser censurada.

“Ressalto que o exercício do direito à informação, em qualquer época, não apenas a eleitoral, é um direito sagrado, constitucionalmente previsto, e não pode sofrer restrições tendo como base uma mera notícia por mais que desagrade uma pessoa, quer seja ela autoridade ou candidato em campanha, sob pena de cercear a liberdade de imprensa e o direito à informação em prol do cidadão”, destacou a Juíza Eleitoral.

Trecho da decisão da Justiça Eleitoral

“Rede de mentiras”

Após uma minuciosa investigação no Facebook e Instagram, o Blog do Marco Silva descobriu uma rede de páginas e contas falsas que estariam ligadas ao candidato a prefeito de Codó Dr. Zé Francisco (PSD) e estão sendo usadas para propagação de memes, conteúdo político e para atacar Zito Rolim (PDT) e seus aliados.

Cerca de 20 páginas e contas falsas integram a “rede de mentiras”, sete no Facebook e treze no Instagram estão sendo usadas para divulgação de ofensas, fake News e ataques ao candidato a prefeito Zito Rolim e seus aliados, como candidatos a vereador, cabos eleitorais e amigos.

Criado no dia 14 de outubro, o perfil chamado “SO OS BABOES”, no Instagram, é um dos que mais propagam mentiras e ofensas contra Zito e seus aliados e cidadãos que supostamente apoiam o candidato a prefeito de Francisco Nagib. Publicações feitas no mesmo perfil exaltam o médico Zé Francisco.

“Mesmo com essa chuva de mentiras que o adversário espalha, escondendo-se por trás de perfis  anônimos e falsos na internet, a campanha de Zito Rolim continua mostrando que Zito melhorou muito nossa Cidade e suas propostas para geração de empregos, melhorar a saúde, a educação, o esporte, a cultura, e tudo mais que a população precisa, sempre com a marca da humanidade, do carinho e do amor pelas pessoas. Quanto aos ataques virtuais, tomamos conhecimento e vamos denunciar os perfis falsos. São aventureiros tentando manobrar a vontade livre do eleitor codoense. É lamentável que aqueles que não conseguem se promover por meio de suas próprias ações, tenham que apelar para esse tipo de campanha suja e obscura”, lamentou o advogado Ricardo Torres, representante da coligação “Forte é o Povo”, de Zito Rolim e Jadiel Reis.

Ricardo Torres garantiu que os criadores dos perfis falsos serão denunciados pela prática de crime previsto no Artigo 325 do Código Eleitoral. O artigo traz o seguinte teor: “Difamar alguém, na propaganda eleitoral, ou visando a fins de propaganda, imputando-lhe fato ofensivo à sua reputação: Pena – detenção de três meses a um ano, e pagamento de 5 a 30 dias-multa”.

3 Comentários

  1. Solidarizo-me com o blog. Por aí se ver o mau caratismo de Zé Francisco, querendo esconder a verdade. Imagine esse cara e o Camilo mandando no Códo,,seria o fim do mundo. Aínda bem que a maioria é Zito. É 12 para ser feliz

  2. Jair de souza, vc não prova a falta de caráter do Zé 55. Agora te provo que o teu candidato é CORRUPTO…..

  3. Oq eu eu mais vejo é página de Instagram denegrindo o Candidato Zé Francisco e tu não faz uma matéria disso pq? Kkk olha lá um tal de blog do Gonçalves.midia codornas, e tá tô outros lá , são dezenas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *