Jovem morre ao tentar passar por “quebra-molas” construído pela prefeitura de Codó

O que era para ser uma medida de segurança para as pessoas acabou custando a vida de um jovem codoense. Cerca de sete faixas de pedestres elevadas (ou quebra-molas como estão sendo chamados) foram construídas recentemente pela Prefeitura de Codó em vários pontos da cidade. No entanto o trabalho de construção demorou mais de duas semanas para ser concluído e a sinalização adequada nunca foi finalizada.

Diversos motociclistas e até motoristas vinham sofrendo acidentes nesses locais. No entanto o governo continuou tratando isso com tranquilidade e nada fez para mudar a situação.

Os acidentes vinham acontecendo, porém nenhum com vítima fatal. Mas o motociclista Adailton Costa Viana não teve a mesma sorte. Na noite desta sexta-feira, por volta das 23h40, ao tentar passar em uma faixa elevada construída na Avenida Vitorino Freire (antiga rua da Bomba), o jovem perdeu o controle do veículo, uma motocicleta Honda, modelo Pop 100, de placa OIX-6426, caiu e morreu no local.

A Polícia Militar informou que a vítima estava usando capacete, mas não foi o suficiente para salvar sua vida.

Testemunhas relataram que além da precariedade na sinalização do local, as luzes dos postes da região estavam apagadas no momento do acidente. Por esses dois motivos o jovem não teria visto o “quebra-molas” a tempo de frear seu veículo.

2 Comentários

  1. Esse trabalho que eles estão fazendo

    Nas ruas de Codó é uma verdadeira
    Palhaçada. Por isso isso vamos protestar

Deixe uma resposta para Erlemilson Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!