Governo destina mais de R$ 4,5 milhões para fortalecer a agricultura familiar do Maranhão

O Governo do Maranhão, por meio do Sistema da Agricultura Familiar (SAF, Agerp e Iterma), promoveu nesta sexta-feira (08), importantes ações em prol do homem e da mulher do campo do Maranhão. Em evento realizado no Palácio dos Leões com o governador em exercício Carlos Brandão foram destinados mais de R$ 4,5 milhões para fortalecer a agricultura familiar do estado.

Em evento, governador em exercício destina recursos para fortalecer a agricultura familiar do estado (Foto: Handson Chagas)

Com recursos provenientes de emenda parlamentar do deputado federal Zé Carlos, o Governo assinou ordem de serviço para construção de 16 Sistemas Simplificados de Abastecimento de Água em localidades rurais do estado. Ao todo, 14 municípios serão contemplados beneficiando cerca de 4 mil pessoas com água encanada de qualidade para consumo e para a produção de alimentos.

O governador em exercício Carlos Brandão ressaltou mais esta ação do Governo do Maranhão visando dar dignidade e visibilidade àqueles que antes eram invisíveis. “Muito importante esse convênio para construção dos Sistemas de Abastecimento no valor de R$ 4 milhões, através de emenda do deputado Zé Carlos, que vai atender mais de 4 mil pessoas, melhorando a vida e levando saúde para quem vive no campo,” pontuou.

Ainda de acordo com o governador Carlos Brandão, o trabalho executado pela Secretaria de Estado da Agricultura Familiar tem ajudado a melhorar a vida do trabalhador rural.  “Foram distribuídos, também, equipamentos para atender o agricultor familiar, de forma que a SAF tem avançado muito e atendido as demandas dos movimentos sociais e dos agricultores familiares com estas ações que asseguram qualidade de vida e geram renda e incentivo à produção,” destacou o governador em exercício.

O deputado federal Zé Carlos afirmou que esta é mais uma parceria para melhorar a vida dos trabalhadores rurais. “Ação exitosa em parceria com o Governo do Estado, onde estamos destinando por emenda parlamentar, mais de R$ 4 milhões para matar a sede de 16 comunidades em 14 municípios do estado. Um momento feliz para todos e de trabalhar pelos mais carentes e pelas comunidades rurais,” disse.

Além da construção dos Sistemas de Abastecimento, foram entregues equipamentos por meio do Projeto de Infraestrutura e Serviços em Territórios Rurais (Proinf), um programa executado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) em parceria com o Governo do Maranhão, por intermédio da Secretaria de Estado da Agricultura Familiar (SAF).

Mais de R$ 400 mil foram destinados para aquisição de caminhões, motocicletas, barracas de feiras, freezer, seladora, balanças e caixas plásticas visando a implantação e fortalecimento das feiras itinerantes agroecológicas e postos de comercialização da agricultura familiar no Território da Cidadania Campos e Lagos. Com este projeto, mais de 300 famílias de 12 municípios da Baixada Maranhense terão condições de comercializar e contribuir na geração de emprego e renda destas famílias.

O secretário da SAF, Júlio César Mendonça, enfatizou que ações como as realizadas neste dia representam o avanço que o Governo do Maranhão vem desenvolvendo desde 2015. “São inúmeras ações que alcançam os homens e mulheres do campo, quilombolas e indígenas. A construção de Sistemas de Abastecimento garante água para saciar a sede e fomentar a produção de alimentos nas zonas rurais de todo o Maranhão. E as entregas de equipamentos para fortalecer as feiras são essenciais no incentivo à geração de renda das famílias rurais. Estamos felizes por tantos avanços na agricultura familiar do Maranhão”.

Viana é uma das cidades beneficiadas com os equipamentos do Proinf. A representante do Colegiado Territorial de Campos e Lagos, Zulmira Mendonça,  agradeceu ao Governo do Maranhão por ter atendido essa solicitação do território, que antes era esquecido. “É uma vitória para os movimentos sociais compartilhada com o poder público. Há muito tempo que a Baixada era um território esquecido e o Governo Flávio Dino, através da SAF, estendeu a mão para nos ouvir. Essa entrega de hoje é muito gratificante para os 12 municípios do território, que já tem onde plantar e agora vão ter onde vender. Para mim, como agricultora familiar, é uma honra e me alegra de ver que a Baixada tem potencial”, contou Zulmira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *