Governo de Zé Francisco acaba com escuridão de ruas da Trizidela deixando lâmpadas acesas 24h

Incentivados pela matéria publicada nas primeiras horas desta segunda-feira (1°) pelo Blog do Marco Silva, o governo de Zé Francisco (PSD) finalmente conseguiu acabar com a escuridão que vinha causando transtornos aos moradores de diversas ruas da região da Trizidela, em Codó (MA). A ação seria motivo de elogios se não fosse um pequeno detalhe: o governo decidiu deixar as luzes dos postes acesas 24 horas.

O mesmo morador que denunciou o problema da falta de iluminação pública nos enviou fotos que mostram as lâmpadas ligadas no início da tarde desta segunda-feira (1°). Ele disse que os funcionários da Prefeitura de Codó alegaram que não possuem o material necessário e por isso as lâmpadas ficariam acesas durante todo o dia.

Olá. Boa tarde Marcos só para lhe agradecer, depois da matéria foi postado no blog veio uma equipe tentar resolver a situação da escuridão, mas deixou ligado direto disse que não tem material. Agora está disperdisando o nosso dinheiro que pagamos a iluminação pública essa imagem e de agora exatamente às 12:57 em todas as ruas que tava as escuras”, reclamou o morador.

Nenhum representante do governo foi localizado para comentar o problema.

2 Comentários

  1. A Prefeitura de Codó arrecada algo em torno de 100 mil reais por mês com a CIP.

    De Janeiro de 2015 até Dezembro de 2020, a Prefeitura de Codó supostamente recebeu algo em torno de 7,2 milhões de reais.

    Pergunto aos codoenses, vocês acham que esse montante de dinheiro foi investido na iluminação pública ou foi desviado para outras finalidades?

    Há meses venho denunciando em blogs e rádios locais, mas não consigo abrir uma manifestação na promotoria devido não residir no município.

    Abram os olhos para essa situação, exigindo da Prefeitura e Câmara o demonstrativo mensal dos valores arrecadados e dos custos com a iluminação pública.

  2. Antes era escuridão agora desperdício de energia, um absurdo isso resolve um problema e deixa outro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *