Gerente do Banco do Brasil e sua família já haviam sido sequestrados em 2018

Vitima de criminosos nesta terça-feira (17), o gerente da agência do Banco do Brasil em Codó, Antônio Costa de Miranda, já havia sido vítima de sequestradores há cerca de dois anos na cidade de Buriticupu. Ele e sua família foram feitos reféns e acabou sendo obrigado a entregar dinheiro para os criminosos.

Ladrões especializados em assaltos a bancos, sequestraram o gerente na noite do dia 06 de dezembro de 2018. Na época, os bandidos levaram Miranda para a cidade de Lago da Pedra (MA), onde também renderam sua esposa, duas filhas e a secretária.

Em seguida, os assaltantes retornaram a Buriticupu, com o gerente e sua família feitos reféns, levando-os à agência do Banco do Brasil. Na manhã do dia 07 de dezembro, eles obrigaram Miranda a abrir o cofre da agência.

O gerente confirmou que os criminosos conseguiram fugir com grande quantidade de dinheiro, mas o valor não foi revelado. Miranda e sua família foram libertados e encontrados no final da manhã do dia do assalto na cidade de Santa Inês (MA).

1 Comentário

  1. O povo está falando que um carro forte estava parado atras da igreja sao sebastiao no dia anterior por volta das 14 horas, não se sabe por que posto que não já casa loterica nas proximidades e nem restaurante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *