Gêmeas são expulsas de escola após promoverem aglomeração e baderna durante votação em Codó

Uma cena lamentável ocorreu na manhã deste domingo (15) na Escola Lala Ramos, localizada na rua Afonso Pena. As gêmeas Stephanya Carvalho e Stephany Carvalho foram expulsas do local de votação após promoverem aglomeração e baderna.

As irmãs estavam no local de forma irregular e conversando sobre o candidato a prefeito que elas apoiam. A atitude das duas não poderia ocorrer, pois o ato é considerado crime eleitoral.

O jornalista Marco Silva estava na unidade escolar quando flagrou as gêmeas discutindo com a coordenadora do prédio, que pede que elas se retirem do local. As irmãs não aceitaram sair e começaram um grande barraco. Uma advogada é chamada e conseguiu acabar com a confusão.

É importante destacar que o Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão emitiu uma portaria proibindo a presença de eleitor no ambiente interno dos locais de votação, no dia da votação, depois que exercer o seu direito de voto. Confira abaixo

6 Comentários

  1. Êêê Codó vei de muro baixo siow! Kkkkkkk iiiiiirruuuu

  2. Essa muito tava muito alterada nem sabe resolver as coisas com as meninas tava achando q lá era dela , se fosse outras meninas tinha lascado a mão na cara dessa veia, essas gemias tiveram foi paciência com ela.

  3. Por essas e outras que voto 36 Cabo Bezerra!

  4. Essa grandona do vídeo é linda

  5. e agora babona? chupa essa manga!
    não precisava se tão arrogante.
    pelo que eu vi a fiscal estava mais alterda que as gêmeas.
    agora é 55 e pronto.
    vão ter que engolir.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *