Funcionários da UPA de Codó estão proibidos de ir a faculdade em dias de plantão

Os funcionários da UPA de Codó foram surpreendidos por mais uma decisão autoritária e desumana do diretor Luís Henrique. Ele determinou nesta terça-feira (03) que os servidores da unidade estão proibidos de deixar seus plantões para irem a faculdade.

O aviso aos funcionários foi feito através de mensagem compartilhada em grupos de WhatsApp. O comunicado diz que a única condição para os funcionários deixarem o local para estudar é colocar outro colaborador em seu lugar.

Desde que foi inaugurada em 2012, a UPA de Codó nunca havia proibido seus servidores de frequentarem a faculdade em dias de plantão. A nova determinação deixou os funcionários revoltados. “Nós estamos buscando a formação superior exatamente para os qualificar e oferecer um melhor atendimento aos pacientes da unidade”, explicou uma colaboradora do local.

31 Comentários

  1. Tá certinho a decisão, tem que deixar outra pessoa pra substituir o horário de quem nao estiver lá, pois estão sendo pagos para trabalhar e não para estudar, se sair e não deixar ninguém, a população quem sofre as consequências…..

  2. Kkkkk melhor atendimento, essa foi boa.
    Deveriam ter ética, todos mal caráter

  3. Ridículo isso . Cara sem noção. É um direito dos funcionários

    • No meu vê está certo até pq o funcionário pode colocar o substituto no seu lugar. Onde muitos trocam dia de serviço em dias normais deveria ter está consciência e trocar no dia do plantão.

  4. Técnico de enfermagem da UPA

    Isso é só para os orelhas secas, pq as pessoas do grupinho deles tem todas as vantagens, desde de escolher até a função que vai exercer, sai e entram na unidade quando querem, infelizmente não tem uma lei que proteja o trabalhador que estuda, mas é muito triste isso, impedir o ser humano de evoluir, impedir o trabalhador de ter um futuro melhor.

  5. Ele não estar impedindo, apenas quer q deixe outra pessoa no lugar enquanto estar estudando , para não prejudicar a unidade, trabalho é trabalho .Se fosse em empresa privada todos tinha aceitado sem questionar, mais como é governo público tá essa frescura,

  6. Concordo com a descisão. tem que deixar alguem no lugar.

    • Pelo visto a truculência de Henrique e Adriano continua a mesma, gente na upa de Codó e tanta coisa que isso nesta matéria e pouco que se vem a tona, Henrique e Adriano deveriam fazer algo mais benéfico pra o bom funcionamento da unidade, eles deveriam ver as negligência médicas que acontece onde nas alas vermelha e amarela pacientes morrem amingua, e outra coisa Adriano da farmácia e Henrique diretor so de nome eles tem os deles que podem fazer de tudo, falta, não cumprir o horário como deveria, outros vão alcolizados pra plantões, e tanta coisa que deveria se abrir uma sindicância pra apurar as mortes na vermelha pelo menos de uns 3 anos pra cá.

    • ‘Felicidade’ você tem é que tirar esse chapéu da cabeça, é dia e noite com esse negócio cobrindo a tua careca, isso fede….fica a dica!

  7. Ms está certo sim,decisão correta,ele não está impedindo ninguém de estudar,ms se estão de plantão como irão sair sem colocar ninguém como substituto,e quem ficará a ver navios é a população.

  8. Esse gestor ruela é sem noção, todos os ex gestores da upa ajudavam aqueles que estudavam e queriam crescer, só esse sem noção e diretor cocô é que não ajuda ninguém.

  9. Sou funcionária da upa e vejo como o clima aqui é pesado, sentimos falta do Dr. Braúna esse sim ajudava aqueles que queriam cescer profissionalmente.

  10. Ta certo a decisão funcionários que estudam tem que procurar o harario de estudar nao na hora de trabalho trabalho e trabalho tao sendo pago pra isso

  11. Só em aceitar substituir já é uma ajuda .deixa d hipocŕesia seus preguiçosos , decisão correta

  12. Sou da área da educação e vejo uma atitude dessa com muita tristeza. Enquanto muitos outros gestores querem ajudar seus colaboradores esse aí quer prejudicar.

  13. Diretor fraco ele tem é que sair do cargo. O grande culpado disso tudo é o Nagib.

  14. Um cara desse está no lugar errado, já que ele não quer estudar e nem deixar ninguém ir ele deveria está na juquira com uma foice. É o tipo de desgoverno desse Nagib e FC Oliveira. Esses dois são os grandes culpados da UPA de Codó está sendo sucateada.

  15. Olha, infelizmente a empresa não é obrigada a alterar seu quadro e horários de funcionários por causa da sua aprovação. Não existe nada previsto em lei esse direto que você possa ter.

  16. É uma vergonha para Codó a upa ter um gestor sem noção desse. Enquanto o Brasil luta para que todos tenha acesso a uma sala de aula esse inergumeno usa do seu gargo para tirar. Isso é uma vergonha.

  17. A CLT só obriga o empregador a adaptar seu quadro de horário do empregado que seja menor de 18 anos (e maior de 16). Apenas este é amparado pela nossa legislação, para não ser prejudicado em seus estudos.

  18. Tem que tirar esse diretorzinho perseguidor e incompetente. Trabalhava na upa e cansei de ver seu Braúna ajudando os que faziam faculdade e nem por isso a upa ficava desfalcada.

  19. Enquanto muitos gestores querem ver seus colaboradores prosperar esse cocô de gestor está no atraso ainda, tinha que ser do grupo do Nagib e FC Oliveira.

  20. José Maria Marques

    MAS ESSA DETERMINAÇÃO PARTIU DO COORDENADOR DE ENFERMAGEM DEOSDENY E NAO DO DIRETOR. ELE NA UPA SE ACHA MAIS DONO QUE O FLAVIO DINO.

  21. Concordo com meu amigo Ximenes, eu também vi várias vezes o Dr. Braúna ajudar os que faziam faculdade, era como ele dizia sempre. “Se é para estudar tem meu total apoio”. Esse é um homem de visão e quer ver seu colaboradores evoluir. Enquanto esse bosta daqui e só na perseguição, apenas a panelinha dele é quem tem direitos. Todos nós funcionários temos saudades do Dr. Braúna como a upa funcionava, era limpa, clima de amizade e união. Se Nagib tirasse esse bosta daqui e voltasse o Braúna ele teria o respeito de muitos aqui na unidade.

  22. Não ia nem comentar mais tive vontade. Braúna saiu da upa foi por perseguições, todo mundo sabe. Mas o grande culpado foi Pedro Belo quê não teve força para segurar seu pupilo. Braúna é um gigante na saude Codoense ajuda muitas pessoas inclusive a mim e à minha família, cada morador de Codó tem alguém da família ou amigo que Braúna já ajudou, e olha que ele.nao divulga suas ações pelo fato de ser cristão. Quem dera se o prefeito voltasse o Braúna e esse atual diretor voltasse de onde ele veio. A upa tem que ter um gestor que entenda de saúde e de relacionamento interpessoal que não é o caso do atual gestor. Estive na upa e falei com alguns funcionários e foram unânimes em dizer que na época de Braúna era melhor, até os médicos me disseram que também era melhor. Por isso que e outros fatores é que Nagib está mal na foto em todos os setores principalmente na saude. Caso eu fosse o prefeito já tinha trago esse homem para perto de mim, temos que ter pessoas que somem e não que divida.

  23. Não vejo nada de errado na decisão. Se fosse num hospital privado seria desse jeito.

  24. Engraçado que tem muitos babões do péssimo gestor que fi am falando que ele está certo em tomar essa atitude radical. Sabemos que a lei ampara menores de idade, também sei se o diretor quisesse ajudar os que estão na faculdade poderia sim. Como o Dr. Braúna ajudava e não faltava atendimento? Sabe porque?
    Todos os funcionários tinham prazer em ajudar porque Braúna era mais humano e sabia entender o caso de cada um. Esse aí é só na perseguição e ignorância ninguém gosta dele. O Deo mudou muito depois da saída do Braúna, Adriano também, agora a maior mudança foi do Bárbara que só ficou na upa porque Braúna permitiu, e teve pena dela a mesma estava demitida da antiga Corpore. Esses três fazem parte da panela do incompetente gestor. Mas um dia isso vai acabar e quem planta colhe.

  25. Os setores nunca ficaram desfalcados durante esses oitos anos .. porque que agora irian ficar….tem gente que sair pra realizar coisas futeis…. e ai simm ele aceita kkkk… isso e um argumento …. para repreza o funcionario

Deixe uma resposta para José Maria Marques Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *