Folia pré-carnavalesca invade o Centro Histórico de São Luís

A folia do Pré-Carnaval do Maranhão tomou conta do Centro Histórico de São Luís nesta sexta-feira (17). Um cortejo com Tribos de Índios, iniciado na Rua Portugal, deu um colorido diferenciado à festa, que teve como palco principal a Praça Nauro Machado.

Tribos de Índios fizeram cortejo pela Rua Portugal (Foto: Gilson Teixeira)

Além das Tribos de Índios, a programação contou com o show do grupo de samba As Brasileirinhas, apresentação do Bloco Tradicional Originais do Ritmo e com a percussividade do Bloco Afro Abiyele Maylo.

A festa contou ainda com apresentação da Escola de Samba Acadêmicos do Túnel do Tempo e com grande show da Máquina de Descascar’alho, encerrando a noite.

“Miscigenação cultural”

Para o cacique Júnior, presidente da Tribo de Índio Tupiniquins, fundada em 1998 no bairro Goiabal, região da Madre Deus, o carnaval do Maranhão promove uma “grande miscigenação” cultural. Ele é filho do cacique Zé Ilha, um dos percussores da brincadeira, caracterizada pela batucada única produzida por surdos e ritintas.

Os brincantes se dividem em três tipos de índios guerreiros: cacique, os enfermos e o feiticeiro. Eles pintam os rostos e se fantasiam com cocares e adereços indígenas, como penas, peles e sementes.

“O cortejo das tribos de índios aqui no Centro Histórico resgata ainda mais a tradição das tribos de índios. Hoje nós já somos 12 tribos de índios no carnaval do Maranhão. É uma honra como filho do Zé Ilha levar essa tradição para quem é de São Luís e para que vem de fora”, destaca o cacique Júnior.

Estímulo à economia

A batucada e o colorido das Tribos de Índios chamaram a atenção de turistas como o advogado Carlos Aluísio, que veio de Imperatriz (MA) com a família para prestigiar o pré-carnaval na capital maranhense. Ele avalia que o evento é importante para a economia e potencializa o turismo.

“Vem turista de todo o Brasil, inclusive de outros países, como pude perceber também. Eu trouxe um pessoal de Brasília e eles estão adorando. Tenho certeza que eles vão passar o que viram aqui para outras pessoas. Com certeza eles voltarão outras vezes”, afirma Carlos Aluísio.

A vendedora ambulante Cláudia Santos sempre trabalha no Centro Histórico de São Luís e espera obter o mesmo sucesso de venda do período carnavalesco de 2019, que para ela “foi uma maravilha”.

“É daqui que eu tiro meu sustento e as vendas estão boas. Espero que nesse carnaval eu tenha ainda mais lucro. O carnaval tem melhorado. Ano passado foi uma maravilha e espero que esse ano seja melhor ainda”, frisa.

O palco principal da festa foi a Praça Nauro Machado (Foto: Gilson Teixeira)

A Folia não para!

A programação oficial do Pré-Carnaval do Maranhão se estende até o último final de semana que precede o Carnaval 2020. São centenas de atrações em cinco pontos de folia espalhados pela capital maranhense, com destaque para o Circuito Beira-Mar, que vem revolucionando a folia de Momo em São Luís.

Os demais pontos da folia neste período são a Praça Nauro Machado; a Av. Beira Mar; a Praça dos Catraieiros (Casa do Maranhão) e o Beco do Gavião, na Madre Deus.

No sábado (18), o agito começou logo cedo, às 8h, também na Nauro Machado, com blocos e muito samba. Também no sábado, à noite, na Praça dos Catraeiros, no Centro Histórico, o tradicional Bloco da Imprensa reúne nomes como Marco Duailibe, Feijoada Completa e Escola Turma da Mangueira.

No domingo (18), a Madre Deus cai na festa a partir das 16h, no Beco do Gavião. Apresentam-se a Favela do Samba, o Grupo Apoteose e outros.

Confira a programação completa do Pré-Carnaval do Maranhão no site www.cultura.ma.gov.br e nas redes sociais da Secretaria de Estado da Cultura (Secma).

Ascom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo está protegido !!