Flávio Dino defende direitos sociais como auxílio emergencial, SUS e empregos em ato do Direitos Já

Nesta sexta-feira (26) o governador Flávio Dino participou da terceira edição do ato Direitos Já – Fórum pela Democracia.  Dino reafirmou a importância da união e o desejo de paz e justiça se fazerem nítidos por intermédio de vozes representativas da pluralidade do povo brasileiro.

Durante o ato, o governador do Maranhão defendeu que além da dimensão institucional da democracia, é preciso lutar pelos direitos sociais.

“Dois focos são prioritários nesse momento tão grave da vida brasileira: o cuidado com a vida, com a saúde, a defesa do SUS. Além da temática do trabalho e a Renda Básica Emergencial, que até o final do ano se constitui como uma âncora da democracia, uma proteção da democracia para os mais pobres e ainda a geração de empregos mediante investimentos públicos e privados. Assim a democracia chega na casa de cada cidadão brasileiro”, assegurou o governador do Maranhão.

Flávio Dino afirmou ainda que é necessário garantir que o sistema constitucional possa ser cumprido e que todas as instituições, os poderes Judiciário, o Legislativo possam funcionar livremente para conter apetites ditatoriais e despóticos.

“Venham de onde vierem. É preciso aproximar essa temática institucional do dia a dia de cada cidadão brasileiro. Para deixar claro que nós consideramos que esse aparato institucional não é algo que se refira a um segmento isolado da sociedade, mas sim que é algo fundamental para que todos os brasileiros tenham liberdade”, afirmou Dino.

Ao final, Flávio Dino reafirmou a importância de que haja condições institucionais para que todas as investigações no país possam acontecer inclusive aquelas atinentes ao atual presidente da República. “A lei deve ser para todos e por isso estou somando a minha voz para que tenhamos liberdade, direitos sociais e que a lei seja cumprida no Brasil”, finalizou o governador do Maranhão.

Ascom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *