Filho de Zé Francisco volta a publicar em sua conta pessoal após descoberta de perfis falsos nas redes sociais

Filho do candidato a prefeito Dr. Zé Francisco (PSD), o jovem Pedro Neres voltou a publicar em sua conta pessoal no Facebook após seis dias de inatividade. A postagem, relacionada a candidatura do pai, foi feita poucas horas depois do Blog do Marco Silva descobrir uma rede de páginas e contas falsas criadas para atacar Zito Rolim e seus aliados.

Pedro Neres não publicava nada no Facebook desde a última quarta-feira (21), quando também postou um vídeo da candidatura de Zé Francisco. Coincidentemente, foi exatamente nesse período em que se intensificaram as divulgações nas redes sociais de ofensas, fake news e ataques ao candidato a prefeito Zito Rolim e seus familiares, amigos e aliados.

Rede de mentiras

Após uma minuciosa investigação no Facebook e Instagram, o Blog do Marco Silva descobriu, nesta terça-feira (27), a existência de cerca de 20 páginas e contas falsas que integram a “rede de mentiras”.

Os perfis falsos estão sendo usados para divulgação de ofensas, fake News e ataques ao candidato a prefeito Zito Rolim e seus aliados, como candidatos a vereador, cabos eleitorais e amigos.

“Mesmo com essa chuva de mentiras que o adversário espalha, escondendo-se por trás de perfis  anônimos e falsos na internet, a campanha de Zito Rolim continua mostrando que Zito melhorou muito nossa Cidade e suas propostas para geração de empregos, melhorar a saúde, a educação, o esporte, a cultura, e tudo mais que a população precisa, sempre com a marca da humanidade, do carinho e do amor pelas pessoas. Quanto aos ataques virtuais, tomamos conhecimento e vamos denunciar os perfis falsos. São aventureiros tentando manobrar a vontade livre do eleitor codoense. É lamentável que aqueles que não conseguem se promover por meio de suas próprias ações, tenham que apelar para esse tipo de campanha suja e obscura”, lamentou o advogado Ricardo Torres, representante da coligação “Forte é o Povo”, de Zito Rolim e Jadiel Reis.

Ricardo Torres garantiu que os criadores dos perfis falsos serão denunciados pela prática de crime previsto no Artigo 325 do Código Eleitoral. O artigo traz o seguinte teor: “Difamar alguém, na propaganda eleitoral, ou visando a fins de propaganda, imputando-lhe fato ofensivo à sua reputação: Pena – detenção de três meses a um ano, e pagamento de 5 a 30 dias-multa”.

6 Comentários

  1. Conta outra Marcos Silva ………… kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  2. Mamata tá acabando. Onde eles ganhavam que era nas redes estão pegando lavada em todas as enquetes. Aí vem com essa de perfil falso hahaha

  3. A mamata tá acabando bateu o desespero foi kkkkk

  4. O blog do Marco Silva ainda insiste nessa história. Já te disse, esses factóides não colam mais.
    Zito é 55

  5. A teoria do “criador e sua criatura”.

    NAGIB investigado por suposta “farra dos caixões” (página 07 do Diário abaixo).

    https://cdn-0.mpma.mp.br/diario/2002020-28102020.pdf

    NAGIB é 12 e 12 é NAGIB!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!