Família contesta e afirma que idosa de 61 anos não morreu de coronavírus em Codó

O Hospital Geral Municipal (HGM) liberou na manhã desta terça-feira (05), por volta das 11h30, o corpo da idosa de 61 anos que supostamente morreu por causa do novo coronavírus em Codó. A família está contestando a informação e afirma que a mulher não morreu em decorrência da doença.

Corpo da idosa foi enterrado no cemitério do Cajueiro (foto: Blog do Marco Silva)

O corpo da vítima foi liberado para o enterro sem que os familiares tivessem acesso aos documentos que apontem as causas reais da morte. Os parentes da idosa afirmam que representantes do governo teria dito que o protocolo para a entrega dos documentos mudou por causa do Covid-19, mas não estipularam um prazo para a liberação da declaração de óbito e o exame que comprove que a mulher estava infectada pelo coronavírus.

O corpo da mulher foi enterrado por volta de meio-dia no cemitério do Cajueiro, com a presença de apenas alguns familiares e amigos. O sepultamento foi feito sem qualquer tipo de orientação ou assistência do governo municipal.

Familiares também afirmam que nenhuma das pessoas que tinham contato direto com a idosa apresentam ou apresentaram alguns dos sintomas do Covid-19.

Tentamos entrar em contato com o secretário Municipal de Saúde, Suelson Sales. No entanto, ele não atendeu e nem retornou nossas ligações.

14 Comentários

  1. Confiante em Deus

    Deveria ouvir todas as partes envolvidas pra sim fazer uma matéria

  2. Isso que dá colocar um advogado como secretário de saúde, uma área totalmente diferente do direito, não é novidade que agora o advogado vai se esconder sem dar explicações

    • Vc deveria conhecer a pessoa e o profissional. Ele, antes de ser Sec de Saúde, tem anos de experiência na Secretaria…se fosse um “médico”, estaria passando pelo mesmo dilema. Conhecedor da pasta ele é bem mais que muitos que são formados na área da saúde.

  3. Confiante em Deus

    Vejam no blog do Acelio o secretário deu uma entrevista explicando sobre o caso…

    • será quanto ganha da oposição pra ficar atacando o prefeito e sua equipe????fica procurando oq falar de ruim…as coisas boas nunca divulga….

  4. Agora lascou a família sabe mais que os médicos, pois tinha deixado ela em casa, não tinham levado ela pro hospital seria um problemas a menos . Onde já se viu em plena pandemia com tantaos casos pra se preucupar o cara ainda fica procurando confusão por quem já morreu, me poupe meu amigo . Se faz fala se não faz fala vão caçar uma lavagem de roupa

  5. wellington Aguiar

    Bando de DESINFORMDOS, não precisa ser médico para ser secretário de saude. José Serra não é médico e foi o melhor Ministro da Saúde que o Brasil ja teve.

  6. Acho que a demora pra entregar a certidão de óbito é o exame da contra prova, então tem que aguardar mesmo, porque esse exame só é feito em São Luís. Quanto ao secretário, conheço ele a mais de 15 anos a frente daquela secretaria como secretário e ou adjunto. Conhece a pasta mais que muitos que sao médicos é ja foram secretários.

  7. Tudo mentira! ela morreu foi de infarto mesmo, eu acredito e na família.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *