O prefeito de Caxias, Fábio Gentil (PRB), e o vice, Paulo Marinho Júnior (PMDB), estão sendo investigados pelo Ministério Público por suposto crime de responsabilidade.
O Procedimento Investigatório Criminal (PIC) foi instaurado no último dia 12, e apura a celebração de um convênio firmado entre a Prefeitura e a empresa Sociedade Educacional Caxiense S/C Ltda, de propriedade justamente de Marinho Júnior. A denúncia foi feita pela vereadora Thaís Coutinho (PSB).
Além do prefeito e do vice, a secretária municipal de Saúde, Maria Socorro Coutinho Melo, também é alvo da investigação
O promotor Cláudio Rebêlo Correia Alencar, que comanda o procedimento, deu prazo de 10 dias úteis para a Prefeitura apresentar toda a documentação do convênio. O MP tem 90 dias para concluir as investigações.