EXCLUSIVO – 39 pessoas morreram na UPA de Codó somente em 2018

Um relatório mórbido conseguido com exclusividade pelo blog do Marco Silva mostra que 39 pessoas morreram na Unidade de Pronto Atendimento de Codó (UPA 24 HORAS) somente este ano. O número alarmante estava sendo mantido em sigilo pelo governo, que estava com receio da opinião pública.

Veja abaixo:

O alto número de óbitos registrados na UPA de Codó é preocupante, pois comprovam a ineficiência do diretor Luís Henrique, desde que ele assumiu o comando da unidade o local passou ser alvo de muitas críticas da população codoense.

Um dos motivos para o grande número de mortes na UPA pode estar relacionada as internações na unidade, o governo federal proíbe que pacientes fiquem no local por mais de 24 horas, no entanto o diretor da UPA tem descumprido a portaria do Ministério da Saúde e, com frequência, mantem pacientes internados no local por vários dias. A falta de exames e medicamentos também podem ter influenciado.

Apesar das várias reclamações e denúncias contra o diretor Luís Henrique, o governo do Estado e os órgãos fiscalizadores persistem em tratar com normalidade os casos, enquanto isso os codoenses continuam morrendo no local que deveria salvar suas vidas.

Outro lado

Entramos em contato com o diretor Luís Henrique, porém ele não respondeu nossas mensagens até o fechamento desta matéria.

8 Comentários

  1. Nunca imaginei que a UPA fosse chegar há esse ponto, o blogueiro tem razão em vez de ser um lugar para salvar vidas, estão é morrendo, isso é uma vergonha.

  2. A upa já foi referência, hoje até fede está mal cuidada é uma pena.

  3. Mas até onde sei, todo hospital existe óbito. Lembrando que a UPA é uma unid de pronto atendimento; urgências e emergências, lá é para ser analisados os casos e encaminhados para os hospitais, e não funcionar como um hospital mesmo.
    Não consigo enxergar o pq de tanta polêmica envolvendo a UPA.

  4. O grande problema Kerly é que na upa nem medicamentos tem, estão abastecendo o HGM, por isso os óbitos isso é uma vergonha.
    E você não tá nem aí porquê não foi nenhum parente seu que foi procurar saúde e saiu sem vida.

  5. Marco Silva me dê uma prova concreta que o diretor pode salvar as pessoas que morreram? Rpz o direitor não tem nada haver com as mortes, se falta remédio o culpado e o Estado, se os pacientes fica mais tempo na universidade o culpado é a regulação de leito que não conseguiu vaga, o diretor é pra administrar e não pra salvar vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *