Equipe médica do HGM se nega a fazer parto e bebê nasce no hospital de Timbiras

O sonho de dar à luz e trazer uma vida ao mundo quase se transforma em pesadelo para uma mãe codoense após uma equipe médica do Hospital Geral Municipal (HGM) se negar a fazer o parto. Flaviana Figueiredo foi levada às pressas para o Hospital Regional de Timbiras (HRT), onde a linda Maria Liz nasceu.

O relato dos momentos de angustia, tensão e sofrimento foi feito ao Blog do Marco Silva por dona Claudiana Araújo Figueiredo, avó da bebê. Ela nos contou que sua filha entrou em trabalho de parto com 39 semanas de gestação. Na última quarta-feira (09), a grávida foi levada para o HGM e atendida pela equipe médica de plantão. Eles teriam garantido que a gestante não estava pronta para dar à luz e, mesmo com fortes dores, mandaram ela retornar para casa.

“Logo após o almoço ela começou a sentir muitas contrações, dores fortíssimas e eu a levei para o HGM. Foi atendida por uma enfermeira, que infelizmente eu não sei o nome dela, mas, se procurar no prontuário, na escala de quarta-feira (09) que estava com o Dr. Bel, o nome dela vai tá lá, que ela é técnica de enfermagem, acredito que sim porque ela fez o toque em minha filha. Depois passou pro médico, eles mandaram ela ir pra casa. Essa enfermeira e o Dr. Bel mandaram ela ir pra casa porque ela não estava no tempo, só tava com 38 semanas e que até 42 semanas ela poderia ter a criança”, relatou dona Claudiana.

Após o diagnóstico errado da equipe médica, uma enfermeira teria tido que a mulher não poderiam ir pra casa naquela situação e pediu que elas entrassem novamente no hospital. Foi neste momento que uma outra profissional teria dito que a gestante estava com “frescura”.

“A enfermeira que mandou a gente pra casa não quis atender e ainda que minha filha tava com frescura, fazendo escândalo e que na hora que ela fez a menina ela não tava com frescura e fazendo escândalo daquele jeito”, disse a avó da criança.

Após recusarem novamente fazer o parto, um homem que passava pelo local ofereceu ajuda e passou o contato do ex-diretor da UPA Antônio Braúna para que ele as ajudasse. Sensibilizado com a situação, Braúna entrou em contato com o diretor do HRT, Sansão Pinheiro, que colocou uma equipe médica a disposição da codoense.

Levada as pressas para Timbiras, a gestante entrou imediatamente em trabalho de parto e por muito pouco a bebê não morreu. A criança estava com o rostinho roxo devido ao tempo excessivo que esperou para nascer.

“A minha filha tava com três centímetros de dilatação, em trabalho de parto. E aí, nós chegamos lá por volta das três e meia e às cinco e trinta e cinco da tarde minha filha teve parto normal, com a ajuda do Dr. Noleto e a equipe dele”, revelou.

A pequena Maria Liz esbanja fofura e já está em casa fazendo a alegria de sua família.

Ouça o relato:

25 Comentários

  1. ISSO ACONTECE, NINGUÉM E PERFEITO. ESTÃO QUERENDO O QUE COM ISSO??? PUBLICIDADE IMAGINO.

    • A gente pensa que nunca vai acontecer com alguém de nossa família, então fique calado, duvido se fosse uma parente sua se iria ficar calado, então fique na sua, Deus não dorme.

    • Acho que nao estão querendo publicidade coisa nenhuma e sim estão relatando a realidade que acontece no hgm por que e uma falta de profissionalismo isso que eles fazem cok as grávidas o Marcos Silva tem mais e que divulga isso msm uma tremenda saquanagem isso

    • Não é PUBLICIDADE, são duas vidas, seu animal, insensível…..

    • Você acha isso normal… Publicidade coisa nenhuma e sim uma grande falta de respeito! Minha irmã só não morreu no hgm porque dei uma de louca… Ate a diretoria do hgm chamaram dizendo que tinha mulher fazendo barraco la e quando chegaram la e viram a situação da minha ate ela me deu razão… Gente tá fazendo medo a gente ir ter nossos bbs no hgm de verdade…

    • FELICIDADE, FICO PERPLEXA COM SUA INSENSIBILIDADE, FALTA DE AMOR AO PRÓXIMO, QUE DEUS TENHA PIEDADE DE VOCÊ AMIGO (A), QUE DEUS ABENÇOE ESSA CRIANÇA INOCENTE DE CORAÇÃO TÃO PURO E DER BOA RECUPERAÇÃO PARA MAMÃE DESSA CRIANÇA LINDA.
      AOS FAMILIARES: PROCUREM SEUS DIREITOS, NÃO DEIXEM FICAR ASSIM, PARA ISSO PAGAMOS IMPOSTOS.
      AO BLOGUEIRO: Parabéns pelo trabalho prestado a sociedade codoense, nos mostrando a realidade do nosso município.

  2. Felicidade credito que não estavam querendo publicidade mas salvar uma vida. “Ninguém é perfeito” desculpa dada para amenizar os erros. Ninguém é perfeito mas devem ter responsabilidade com e empatia com as pessoas. Se colocar no lugar mesmo. Tenho certeza que se fosse você chegando pra ter o bebê e não fizessem caso, sua fala seria bem diferente. Tenho certeza .

  3. Amado (a), infelizmente isso não aconteceu com sua família. Se tivéssemos uma saúde de primeiro mundo com foi falando não teríamos passado por isso. Não foi o primeira e nem a última.

  4. Claudiana Figueiredo

    Se fosse com sua filha você não estaria falando isso,não quero mídia, quero justiça pq eu que seu o que minha filha sofreu.

  5. Com essa saúde de primeiro mundo o quadro se inverteu. Infelizmente n aconteceu c sua família. Se acontecer já sabe vai p Timbiras ou quem sabe vc tem recursos p ir à capital . Tem q trabalhar direito.

  6. ademir Gomes de Sousa

    Amado (a), infelizmente isso não aconteceu com sua família. Não é possível que ainda exista pessoas que se sinta feliz com o sofrimento do próximo. Rogo a Deus que isso não aconteça com seus filhos ou netos. Que Deus recupere sua estima. Felicidade, seja feliz com o bem do próximo que você assim, seja realmente felicidade.

  7. Com essa saúde de primeiro mundo o quadro se inverteu. Infelizmente n aconteceu c sua família. Se acontecer já sabe vai p Timbiras ou quem sabe vc tem recursos p ir à capital . Tem q trabalhar direito. Nesse ano isso aconteceu c duas pessoas da família, a outra criança veio à óbito justamente por causa de negligência. Acredito q n se trata de fazer publicidade e sim falar à realidade do descaso q acontece em nossa cidade.

  8. Equipe incompetente essa do HGM

  9. Gente é só entrar com um processo imediatamente porque existe uma lei que não se pode falar essas coisas pra parturiente,tipo frescura,na hora de fazer tu não gritou,
    Procurem seus direitos, muitas vezes sofremos por não conhecer nossos direitos

  10. Felicidade, não sei se é nome ou apelido. Quero te perguntar, você conhece saúde ou se alguém sua, não digo nem filha digo um parente, se acontecesse isso com ele como você reagiria?. Me poupe quanto é nos outros é fácil falar. Se não fosse Deus para usar mais uma vez o Dr. Braúna, essa criança com a mãe tinha morrido. Conversei com uma amiga no HRT ela estava de plantão e viu tudo quando a família chegou lá. Mais uma vez muito obrigada Braúna você é uma pessoa abençoada pelo Senhor. Como você faz falta na UPA.

  11. Isso só acontece porque as pessoas não sabem seus direitos, quero saber se o prefeito vai tomar as providências ou vai deixar o descaso mais uma vez prevalecer??

  12. Rapaz que loucura é essa, como.pode ter profissionais que fazem juramentos para salvar vidas querem é matar??. Quero também agradecer ao amigo Braúna por sua rapidez e sensibilidade, mas uma vez salvando vidas.

  13. Engraçado que essa tal de felicidade deveria colocar esse codinome de MORTALIDADE. Caso fosse filha dela ou dele duvido se diria que isso acontece. Estava na seção de terça teve um vereador babão que disse que o Zito resolve tudo na saúde de Codó, porque não ligaram pra ele?. Não conheço Braúna mas sei que é um homem bom e pratica a empatia, parabéns por ser esse homem assim e continue ajudando sem olhar a quem.

  14. Conheço Braúna, quando diretor da upa me ajudou com meu pai. É um homem bom e humilde não gosta de mídia, se ele fosse publicar tudo que faz os blogs tinha matérias todos os dias. Parabéns Dr você faz falta naquela upa.

  15. Conheço Dr. Braúna quanto diretor da upa tive a honra de trabalhar com ele. Até hoje estou aqui, infelizmente ele saiu por perseguições da atual gestão municipal, a upa que já foi um dia referência hoje é um caos. Homem bom Dr. Braúna e humano sempre ajudando é não olha a quem. Saúde de Codó é uma vergonha.

  16. Quero aqui dizer que estive no HGM com meu filho, espero nunca mais precisar de ir lá novamente, vi casos de humilhação e abusos. Funcionários totalmente despreparados, tenho certeza que poderia mudar. Conheço Braúna foi ele que arrumou a transferência para meu filho. Gosto dele se ele fosse candidato tai um bom nome para nossa cidade.

  17. Jefferson da Silva Abreu

    Minha esposa passou quase pelo mesmo processo. Fomos duas vezes ao HGM é mandaram ela de volta, minha esposa sentindo muitas dores, foi quando uma funcionária do próprio hospital me deu o número do Braúna, era de madrugada mas mesmo assim ele nos ajudou. Ele é um cara super educado e muito humano. Nunca esqueci isso quando olho para minha filha. Valeu Braúna mais uma criança salva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *