Em pronunciamento na TV, Bolsonaro pede reabertura de comércio e escolas e fim do ‘confinamento’

BRASÍLIA — O presidente Jair Bolsonaro pediu, em pronunciamento em rede nacional de televisão e rádio exibido na noite desta terça-feira, a reabertura do comércio e da escolas e o fim do “confinamento em massa”. As medidas têm sido utilizadas no combate ao novo coronavírus. Este foi o terceiro pronunciamento sobre o tema realizado em um período de menos de 20 dias.

— Algumas poucas autoridades estaduais e municipais devem abandonar o conceito de terra arrasada, a proibição de transportes, o fechamento de comércio e o confinamento em massa. O que se passa no mundo tem mostrado que o grupo de risco é o das pessoas acima de 60 anos. Então, por que fechar escolas? — questionou Bolsonaro.

O presidente afirmou que o coronavírus “brevemente passará” e afirmou que a vida “tem que continuar”:

— O vírus chegou. Está sendo enfrentado por nós e brevemente passará. Nossa vida tem que continuar. Os empregos devem ser mantidos. O sustento das famílias deve ser preservado. Devemos, sim, voltar à normalidade —.

No primeiro pronunciamento sobre o tema, realizado no dia 6 de março, Bolsonaro afirmou que não havia motivo para “pânico” e que o momento era de união.

segunda fala sobre o tema foi realizada na semana seguinte, no dia 12 de março. O presidente recomendou o adiamento de manifestações que estavam marcadas para o domingo seguinte, devido à recomendação para evitar aglomerações. O próprio Bolsonaro, contudo, acabou participando dos protestos.

Com informações do jornal O Globo

7 Comentários

  1. O cara é um louco …
    Isso é um absurdo!
    Débil mental…

  2. Incompetente, extremamente despreparado para o cargo que ocupa .

  3. Esse homem é louco, e ainda chama de gripizinha?meu
    Deus nos proteja ?

  4. Imbecil desses, ignorante , decepção uma pessoa dessa nos representar. Esse cara tem que ser afastado, impeachment nele. CADÊ VCS , DEPUTADOS FEDERAIS!

  5. Onde vamos parar depois dessa se o presidente diz isso é daq pra pior

  6. Voto jogado fora que eu dei nesse maluco despreparado. Inconsequente. Será se ele não ver jornal, o que aconteceu na China por não terem isolamento, quantos morreram… E na Itália? E na Espanha? E nos EUA?

    • O Brasil ficou convencido quando esse louco disse que ia armar a população e não perceberam que esse idéia dele já era um não a vida, ele sendo crente devia valorizar a vida e não achar que a solução para o problema é dar armas a população..daí o brasileiro já devia ter percebido que ele é doido, o que se pode esperar de um homem que não ama a vida. Quem não amá a vida não ama a Deis

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *