“Ele vivia com a casa cheia de mulherzinha nova”, diz filha de idoso encontrado morto

A filha do comerciante Antônio Austríaco, 80 anos, relatou a repórter Emanuela Carvalho, TV Cidade, que foi a primeira pessoa a encontrar o idoso morto em sua casa na noite deste domingo (19), por volta das 19h, na rua 4, Conjunto Mutirão, bairro São Francisco, em Codó. Deusamar Austríaco disse que o pai morava sozinho e seu estabelecimento comercial era bastante frequentado por jovens mulheres.

“A gente vivia brigando com ele porque ele vivia com a casa cheia de mulherzinha nova. A gente brigava todo dia. A Luzimar queria pra ele morar lá, eu queria. Comprei uma casinha “aculá” especialmente pra ele morar mais eu. (…) Ele morava só aqui, pois minha mãe já morreu”, contou.

O idoso, popularmente conhecido como “Tunico”, foi encontrado seminu deitado em sua cama com sinais de asfixia. Informações dão conta de que o comércio da vítima era bastante frequentado por jovens da região. Um deles já foi identificado e é apontado por testemunhas como o autor do crime.

O caso está sendo investigado pela 4ª Delegacia de Polícia Civil de Codó.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *