Deu a louca na Saúde estadual: instituto reduz salários de enfermeiros

O Instituto Bio Saúde, contratado pela empresa Emserh, ligada à Secretaria de Estado da Saúde, vem reduzindo drasticamente os salários dos enfermeiros de nível superior e técnicos em enfermagem. No salários de abril houve o primeiro corte e agora no de maio ficou pior. Teve gente que perdeu mais de R$ 1 mil de uma lapada. Além disso, a ausência da insalubridade, diárias e adicional noturno para motoristas de ambulâncias.
Contratados pela Corpore, que teve triste passagem pelo Maranhão, os funcionários ficaram sem receber seus direitos trabalhistas. Assumiu o comando do gerenciamento dos hospitais de Peritoró, Caxias, Coroatá, Timon, Timbira, e das Upas de Codó, Coroatá, a empresa Emserh.
Ocorre que a Emserh, que representa a SES, não liquidou as dívidas trabalhistas e nem assinou as carteiras dos contratados. Apesar disso, a Emserh pagava R$ 3.400,00 para os enfermeiros nível superior.
Com a entrada da Bio Saúde, em abril o salário caiu para R$ 2.900,00 e agora em maio ficou em R$ 2.400,00 e alguns até em R$ 2.200,00.
O Sindicato dos Enfermeiros tentou conversar com os dirigentes da Bio Vida, mas não foram recebidos. A categoria pretende entrar na Justiça contra a perversa redução de salários.

Fonte: Luis Cardoso

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *