Delegado explica o que será feito com homem suspeito de estuprar a filha de 11 anos em Codó

O delegado Gilvan Lucas concedeu entrevista a repórter Emanuela Carvalho e deu detalhes do procedimento que será adotado no caso do homem preso na tarde deste domingo (27) suspeito de estuprar a própria filha de 11 anos, ameaçar de morte um idoso, tentar matar o enteado e agredir esposa e filhas. O caso ocorreu no povoado Abreu, zona rural de Codó, interior do Maranhão.

A esposa o acusado disse também que ele é foragido da justiça de São Paulo, onde ele foi preso por agressão a mulher e porte ilegal de arma de fogo.

Veja o que disse o delegado:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *