CORONAVÍRUS: Mulher é flagrada usando máscara de garrafa pet no Centro de Codó

Com medo de ser contaminada pelo novo coronavírus, uma codoense, ainda não identificada, foi flagrada indo ao Banco do Brasil usando uma máscara feita de garrafa pet. A imagem foi registrada por um internauta e viralizou nas redes sociais.

Apesar de ser uma uma medida criativa para driblar a escassez de máscaras cirúrgicas nas farmácias de Codó, especialistas afirmam que a ideia não protege contra o Covid-19. De acordo com o médico infectologista Unaí Tupinambás, a máscara de garrafa pet não tem qualquer eficiência na prevenção contra o coronavírus. 

Na rua não precisa deste tipo de paramentação. A máscara de pet não tem eficiência contra o novo coronavírus. O uso de máscaras descartáveis (normais) é feito apenas por pessoas com sintomas respiratórios e trabalhadores da área da saúde, que estão atendendendo pessoas infectadas. Nestes casos, outros equipamentos de proteção individual não funcionam. Não há necessidade de usá-las nas ruas”, alertou. 

12 Comentários

  1. Que loucura!!!

  2. Deve ser parente do prefeito!!!??????

  3. Se não for parente de prefeito, é do diretor zé ruela daqui da upa de Codó!!??????????????

    • Pode ser tua irmã ou mãe

    • Coisa ridicula em meio de tanta disgraça agente ver ainda pesosas querendo se aparecer na midia aff cada uma que aparece…. como diz os maranhenses isso se chama ( amostracao) pessoas que gosta de se ( aparecer) se quer chamar atenção se veste de palhaça e vai pro circo ???????

  4. Isso é consequencia de assistir muito a TV GLOBO. Ela esta deixando todo mundo doido.
    Eu parei a dias com isso.
    O virus do desepero é pior.

  5. Olhando bem ela cobre o rosto todo, como as gotículas são pesadas, tô mais com essa ideia do que uma máscara de eva

  6. O nome dessa mulher e Marlene e ela já é de idade e só está tentando se proteger, acho que devemos e ter empatia coisa que não praticamos

  7. Acho que essa mulher ta cheirando é cola

  8. Com certeza ela deve ter feito baseado nas máscaras que passaram nos jornais que cobre as faces dos profissionais da saúde. Com certeza ela não achou mais máscaras para comprar e se achou foi com valores acima absurdo, o importante é se proteger, a pessoa que tirou a foto devia ter feito doação de máscara adequadas para ela.

Deixe uma resposta para claudio Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!