CORONAVÍRUS: Marcelo Coelho sugere que Nagib proíba corte de água e luz por 60 dias

O governador Flávio Dino editou decreto, nesta quinta-feira (19), declarando situação de calamidade no Maranhão por causa dos casos confirmados de H1N1, dos casos suspeitos do novo coronavírus (Covid-19) e das chuvas intensas em diversos municípios.

Em Codó, o governo municipal ainda não tomou nenhuma medida efetiva de prevenção do Covid-19. Preocupado com a pandemia, Marcelo Coelho fez uma publicação nas redes sociais sugerindo que o prefeito Francisco Nagib proíba o corte de água e luz pelo período de 60 dias. A explicação para a medida seria o impacto financeiro causado pela crise e porque os serviços de água e energia são essenciais à população.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *