Conheça a empresa codoense que já faturou R$ 70 MILHÕES no governo de Flávio Dino

Em meio à crise que assola o país desde meados de 2014, uma empresa com sede no município de Codó já faturou cerca de R$ 70 MILHÕES no governo do comunista Flávio Dino e comprova que a pior recessão da história do Brasil não atinge a todos os empresários. A descoberta foi feita pelo Blog do Marco Silva após uma pesquisa minuciosa no Diário Oficial do Maranhão.
Construservice Empreendimentos e Construções Ltda fica localizada na Avenida Santos Dumont no município Codó
A CONSTRUSERVICE EMPREENDIMENTOS E CONSTRUÇÕES LTDA, sediada na Avenida Santos Dumont, no município de Codó, venceu quatro contratos no atual governo do Maranhão e obteve vários aditivos em contratos já existentes que, juntos, somam exatos R$ 69.218.554,59 (sessenta e nove milhões, duzentos e dezoito mil, quinhentos e cinquenta e quatro reais e cinquenta e nove centavos).
Primeiro contrato
O primeiro contrato vencido pela CONSTRUSERVICE no governo de Flávio Dino é o de Nº 013/2015 – UGCC/SINFRA, e foi fechado no dia 15 de outubro de 2015, no valor de R$ 3.800.150,07 (três milhões, oitocentos mil, cento e cinquenta reais e sete centavos), para que a empresa executasse os Serviços de Manutenção (conservação e melhoramentos localizados) das Rodovias da Malha Rodoviária da Regional de Bacabal, extensão de 690,00 Km.
Aditivos em contratos já existentes
O governador Flávio Dino autorizou o aditivo financeiro em vários contratos que foram fechados pela CONSTRUSERVICE nos anos de 2013 e 2014, durante o governo o de Roseana Sarney. Um aditivo foi feito em um contrato de 2015.
O primeiro aditivo foi feito no dia 21 de dezembro de 2015 no Contrato Nº 062/2014-UGCC/SINFRA, no valor de R$ 2.205.199,12 (dois milhões, duzentos e cinco mil, cento e noventa e nove reais e doze centavos).
O segundo aditivo também foi fechado no dia 21 de dezembro de 2015, desta vez no contrato de Nº 063/2014 – UGCC/SINFRA, na importância de R$ 2.955.913,90 (dois milhões, novecentos e cinquenta e cinco mil, novecentos e treze reais e noventa centavos).
O terceiro aditivo foi efetivado no contrato de Nº 059/2014 – UGCC/SINFRA, no valor de R$ 2.354.654,42 (dois milhões, trezentos e cinquenta e quatro mil, seiscentos e cinquenta e quatro reais e quarenta e dois centavos), na mesma data dos dois anteriores.
No dia 11 de agosto de 2016 o Governo do Estado do Maranhão fez o aditivo no contrato de Nº 013/2015 – UGCC/SINFRA, no valor R$ 917.095,19 (novecentos e dezessete mil noventa e cinco reais e dezenove centavos).
O quinto aditivo foi feito no contrato Nº 020/2013 – UGCC/SINFRA, na importância de R$ 1.209.683,20 (um milhão duzentos e nove mil, seiscentos e oitenta e três reais e vinte centavos), no dia 07 de Novembro de 2016.
O sexto aditivo feito pelo governo de Flávio Dino em um contrato da CONSTRUSERVICE foi efetivado no contrato de Nº 020/2013 – UGCC/SINFRA, no valor de R$ 7.025.091,45 (sete milhões vinte e cinco mil noventa e um reais e quarenta e cinco centavos).
No dia 21 de dezembro de 2016 o sétimo aditivo foi feito no contrato de Nº 062/2014, no valor de R$ 2.205.199,12 (dois milhões duzentos e cinco mil cento e noventa e nove reais e doze centavos).
Segundo contrato
O ano de 2017 continua sendo lucrativo para a CONSTRUSERVICE. O governador Flávio Dino autorizou a contratação da empresa para executar os serviços de pavimentação e manutenção de vias urbanas nos municípios de Paulo Ramos, Esperantinópolis, poção de pedras e altamira do maranhão da regional de bacabal, no valor R$ 4.000.000,00 (quatro milhões de reais). O contrato de Nº. 058/2017-UGCC/SINFRA foi fechado no dia 28 de junho deste ano.
Terceiro contrato
Também no dia 28 de junho de 2017, a empresa codoense faturou o contrato de Nº. 059/2017-UGCC/SINFRA, no valor de R$ 6.000.000,00 (seis milhões de reais), para a execução dos serviços de pavimentação e manutenção de vias urbanas nos municípios de Santa Luzia do Tide, Tufilândia, Alto Alegre do Pindaré e Bela Vista do Maranhão da regional de Santa Inês.
Quarto contrato
O contrato mais volumoso vencido pela CONSTRUSERVICE no governo de Flávio Dino foi fechado no dia 28 de junho e prevê a execução dos serviços de pavimentação e manutenção de vias urbanas nos municípios da regional de Bacabal. O contrato de N° 058/2017 – UGCC/SINFRA, custará a quantia estratosférica de R$ 36.545.568,12 (trinta e seis milhões, quinhentos e quarenta e cinco mil, quinhentos e sessenta e oito reais e doze centavos).
Dono da empresa já foi preso
Com quase R$ 70 milhões adquiridos através de contratos e obtenção aditivos em vários contratos já existentes a empresa codoense é a que mais faturou no governo de Flávio Dino.
É importante registrar que em março de 2015, policiais da SEIC realizaram a prisão em caráter coercitivo de Rodrigo Gomes Casanova Júnior, por suspeita de envolvimento com pessoas ligadas a agiotagem e fraudes em diversos processos licitatórios estaduais e municipais. O empresário é um dos proprietários da CONSTRUSERVICE EMPREENDIMENTOS E CONSTRUÇÕES LTDA.

Nenhum Comentário

  1. Teve também,uma empresa no Governo Zito que o empresario foi preso em Fortaleza.O da limpeza.O bicho,pelo que eu soube vai pegar.Combraram um percentual forte pra ele.Proprina.Na delação…deu W.

  2. Rodrigo Gomes casa nova Júnior? Sei não, acho que o verdadeiro dono desta empresa e o senhor Eduardo Costa filho da ex-prefeita de dom Pedr Marlene Costa ambos presos a pouco tempo atrás. Ele se auto intitulava de imperador lá em dom Pedro. Este outro ou e sócio ou laranja. Procure se informar senhor marco este Eduard o e uma verdadeira ave de rapina.

  3. Essa empresa da “limpeza” ainda tá aqui em CODÓ, só mudou o nome e agora quem tá operando é o irmão do cara que foi preso.

Deixe uma resposta para Justiceiro Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *