Codoense é preso suspeito de comprar e encomendar o transporte de 31 kg de maconha

Um jovem identificado como Bruno Vinicios Silva Barros foi preso na manhã desta terça-feira (19) suspeito de comprar e encomendar o transporte de 31 kg de maconha. O mandando de prisão foi expedido pela justiça criminal e cumprido pela 4º Delegacia Regional de Polícia Civil de Codó.

O inquérito policial aponta que Bruno Vinicios é investigado pela prática do crime de tráfico ilícito de entorpecentes e associação para o tráfico de drogas. Ele é suspeito de ter adquirido e encomendado o transporte de 31 kg de maconha, apreendidos pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) no dia 07 de novembro de 2020, no distrito Km-17, zona rural de Codó (MA).

Em ato continuo, foi dado cumprimento ao mandado de busca e apreensão expedido contra a residência do preso, resultando na apreensão três aparelhos celulares, uma motocicleta Yamaha Fazer 250, uma munição de espingarda calibre 12, uma porção de cocaína, uma porção de maconha e R$ 5.170,00 em espécie.

O crime

Uma fiscalização de rotina fez a Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreender 31 kg de maconha que estavam dentro de um carro, no fim da noite do dia 07 de novembro de 2020, no km 469 da BR-316, em Codó, cidade distante 296 km de São Luís.

De acordo com a PRF, o carro que era conduzido por um homem de 44 anos e tinha como passageiro um jovem de 19 anos, recebeu dos agentes ordem de parada. Os suspeitos, questionados sobre a viagem, informaram aos PRFs que estavam indo da cidade Presidente Dutra e tinham como destino Codó.

Durante a abordagem foi realizada uma vistoria no interior do veículo. No porta-malas, os policiais encontraram uma caixa grande e outra pequena envoltas com fitas adesivas. Ao abrirem as caixas, foram encontrados vários tabletes de maconha, totalizando 31 kg. A PRF também informou que os tabletes estavam misturados com café para disfarçar o cheiro da maconha.

Aos policiais, o passageiro informou que recebeu a droga de um desconhecido, em uma cidade próximo a Barra do Corda, não sabendo precisar o nome da cidade, e que iria ganhar uma gratificação pelo transporte até a cidade de Codó.

Assim, foi dada voz de prisão aos envolvidos. Todos foram conduzidos para o Plantão Central da Polícia Civil de Codó para os procedimentos cabíveis.

Com informações do G1 Maranhão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!