Codó, a cidade que amamos e na qual vivemos

Codó, é uma cidade bonita e acolhedora, e tem um verde que realça a sua paisagem urbanística.

Nos anos 50, a Cidade de Codó já era bonita, com o surgimento de novas ruas, praças e demais logradouros públicos e certamente, já tinha esta extensão territorial. Com o decorrer do tempo foram surgindo os bairros e sendo consequentemente habitados.

Pela falta de um Plano Diretor, o que não era um privilegio para Codó, as construções eram feitas, segundo o desejo dos seus proprietários. Por outro lado, os vândalos deliberadamente, depredavam logradouros públicos e outros bens, que além de descarectarizar a beleza da cidade a ser observada pelos visitantes, acarretava também, despesas para o gestor municipal.

Esta prática de vandalismo não desapareceu, ainda hoje continua. Recentemente, no Parque Ambiental destruíram as grades e tudo mais que dava segurança ao Parque. Seria bom que esse comportamento deixasse de existir, para que a nossa cidade de Codó continue bonita, pois amamos e queremos tanto o bem desta Cidade, na qual vivemos.  

Codó, Maranhão, 29 de maio de 2019

Professor Carlos Gomes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!