Assessora da prefeita de Bacabeira processa Marco Silva após matéria sobre agressão

Adnilde Desterro e Demerson Desterro

Em uma clara tentativa de intimidação da imprensa, a assessora de gabinete da prefeita Fernanda Gonçalo, Adnilde Desterro Cruz, está processando o jornalista Marco Silva por calunia e difamação. Ela argumenta que é inverídica a notícia de que teria agredido a gari Emanuela Barros do Nascimento em abril deste ano.

Na época, a funcionária pública afirmou que estava empacotando peixes para serem distribuídos pela prefeitura quando teria sofrido a agressão. Ela estava grávida de dois meses. A mulher fez o exame de corpo de delito e registrou um boletim de ocorrências na Delegacia Especial da Mulher, em São Luís, contra Adnilde Desterro Cruz e seu irmão Demerson Desterro Cruz.

A vítima relatou que o fato aconteceu na manhã do dia 18 de abril, por volta das 11h, após ter passado a noite trabalhando. A grávida afirma que ficou irritada após Adnilde Desterro lhe xingar de merda. Zangada, ela teria puxado os cabelos da assessora quando foi surpreendida por Demerson Desterro, que lhe deu um soco no olho. A vítima desmaiou e só acordou em um posto de saúde da cidade.

Apesar de todas as evidências que comprovam a agressão, a assessora da prefeita de Bacabeira afirma que as informações são inverídicas e macularam sua imagem e honra. Ela pede que Marco Silva seja condenado a pagar indenização no valor de R$ 15 mil.

A atitude de Adnilde Desterro é repugnante e lembra à época mais sombria da ditadura militar que calou o país por décadas. É uma tentativa desesperada de censurar a imprensa e continuar agindo erroneamente sem ser incomodada.

Farra das diárias

Para quem não se lembra, Adenilde Desterro é a assessora que ficou conhecida pela farra das diárias. Só em 2018, a funcionária do gabinete da prefeita Fernanda Gonçalo teria passado 308 dias em São Luís. Entre salários e diárias, a servidora faturou R$ 73.390,00 só no ano passado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *