Apresentador Bill Clinton da TV Codó volta a ser preso

O apresentador da TV Codó, Bill Clinton, que trabalha com notícias policiais no final de tarde da emissora, voltou a ser preso ontem, 10, por ordem do juiz Holídice Cantanhêde Barros por descumprir medida protetiva que existia em favor de  uma menor de 14 anos com quem supostamente o jornalista se envolveu.
No dia 17 de abril ele foi preso pela primeira vez depois que o pai da garota o denunciou ao Conselho Tutelar,  como contara, à época,  na imprensa o conselheiro tutelar  Odair José.
 “O pai nos procurou informando que ele (Bill) tinha evadido a menina da escola e levado para sua casa, ele havia seguido ele nessa situação e hoje flagrou ele levando a filha pra casa (…) comprovou e o pai chegou dizendo – olha, tá lá na casa dele, então a gente ligou pro comandante Hudson, né, que enviou a força policial pra nos acompanhar, chegamos lá fez o flagrante”, disse Odair em abril
Bill foi indiciado pelo crime de favorecimento à prostituição  que tem pena prevista, no ART. 218-B, do Código Penal, de 4 a 10 anos de reclusão.
Recentemente, segundo a delegada Maria Tecla Cunha, houve uma reviravolta no caso. A menor que o havia inocentado em abril, inclusive numa entrevista concedida ao jornalista Sena Freitas, da FCTV, contou versão diversa da anterior e o juiz decretou a prisão preventiva de Bill que já está na carceragem do presídio regional de Codó.

Fonte: Blog do Acélio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo está protegido !!