“Alma Sebosa” e comparsa são presos pela Polícia Militar de Codó

Neste final de semana, o criminoso de 27 anos identificado como Fernando Mesquita, conhecido como “Alma Sebosa” ou “Beira-Mar”, foi preso pela Polícia Militar de Codó. Ele estava acompanhado de seu comparsa, o jovem Raimundo Carlos, de 23 anos. A dupla é suspeita de roubar um celular avaliado em cerca de R$ 900 e ter vendido por apenas R$ 50 para comprar cinco pedras de crack.

Os criminosos são velhos conhecidos das policias de Codó. “Alma Sebosa” já teria, inclusive, cumprido pena na penitenciária de Pedrinhas, em São Luís. A dupla confessou o crime e o aparelho roubado foi recuperado pelos militares.

Os dois foram encaminhados para a 4ª Delegacia de Polícia Civil e responderão por mais um crime praticado em Codó.

1 Comentário

  1. Alma sebosa, kkkkkkkk isso lá é apelido de gente, e o comprador não foi preso, é por isso que existe o roubo, porque tem quem compra o produto roubado, deveria prender e mostrar a cara dele pra sociedade. porque ele é tão criminoso como quem pratica o roubo.

Deixe uma resposta para verdade Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *