VÍDEO DO DIA – Marcelo Coelho é o grande destaque da propaganda do PSB no Maranhão

Está sendo exibido uma propaganda do Partido Socialista Brasileiro – PSB, em alguns meios de comunicação do Estado do Maranhão, onde o Secretário De Estado Do Meio Ambiente, Marcelo Coelho, é o grande destaque da inserção comercial. O codoense aparece falando do importante trabalho que sua secretaria vem desenvolvendo no Governo do Estado do Maranhão.
Confira:

Governo recupera importante avenida depois de serviço mal feito em duas operações Tapa-Buracos

O Governo do Estado do Maranhão deu início nesta segunda-feira (04) a primeira etapa de execução do programa “Mais Asfalto” no município de Codó.

Uma das primeiras vias a ser recuperada foi a Avenida Cristóvão Colombo, na Trizidela. Recentemente a Prefeitura Municipal realizou uma operação tapa-buracos no local, no entanto o serviço foi mal feito e o governo de Nagib teve que refazer trabalho e mesmo assim não ficou bom como deveria.
Serviço mal feito em duas operações Tapa-Buracos foi realizado no mês passado pela Prefeitura de Codó (Foto: Blog do de Sá)
Desta vez com uma grande ajuda do Governo do Estado, o Poder Público Municipal decidiu recapear a avenida utilizando parte dos nove quilômetros de asfalto novo enviados pelo governador Flávio Dino. A determinação teria partido do prefeito Francisco Nagib, que não se importou com o dinheiro gasto duas vezes de forma incorreta com o péssimo trabalho de tapa-buracos feito por sua equipe de governo.
Moradores prejudicados
O trabalho de asfaltamento que está sendo feito atualmente pelo governo do estado a pedido do prefeito Francisco Nagib é sem dúvidas merecer de elogios, no entanto os transeuntes estão sendo prejudicados com o horário inadequado que foi escolhido para a execução da obra na Avenida Cristóvão Colombo, o transito no local está terrível e enormes congestionamentos estão sendo registrados nesta terça-feira (04).
Conversamos com o motoqueiro Carlos Antônio que demostrou chateação e disse que já estava a quase 20 minutos esperando passar para o outro lado da ponte.
“O Governo Municipal mais uma vez mostra sua incompetência e falta de consideração pela população de Codó, eles deveriam ter feito esse trabalho à noite e não nesse horário, pois todos nós temos compromissos e que muitas vezes existe prazo para serem realizados. Muito complicado, estou a quase 20 minutos esperando para passar e nada”, disse.

Hoje acontece o IV Arraial do Advogado no Casarão Louge Bar

O Presidente do Conselho Subsecional da OAB de Codó-MÁ, Dr José Mendes, convida toda a população de Codó para o IV ARRAIAL DO ADVOGADO que será realizado hoje (04/07), das 19h às 2h, no Casarão LOUGE BAR, com diversas atrações culturais.

Convide seus amigos e familiares e não percam esse importante Evento que será realizado pela classe de advogados do município de Codó.

Ganhadores de concurso realizado pela prefeitura de Codó estão há quase 3 meses esperando pelos prêmios

A Prefeitura de Codó realizou no dia 13 de abril I Concurso de Produção Textual, com o título “Codó que eu amo”. Mais de 200 produções foram recebidas pela Secretaria Municipal de Educação, Ciência, Tecnologia e Inovação de Codó-MA-SEMECTI.

O concurso fez parte das comemorações do centésimo vigésimo primeiro aniversário da cidade de Codó, a intenção da prefeitura era valorizar a interação de crianças, jovens, adultos e idosos com o local em que vivem.
Três estudantes de cada uma das 4 categorias do concurso deveria ter recebido um aparelho eletrônico, o primeiro e o segundo ganhariam um Tablet e o terceiro um telefone celular. A premiação dos ganhadores deveria ter sido feita pela SEMECTI no dia 17 de abril, no entanto até o momento a prefeitura de Codó não entregou os prêmios, o que tem deixado os estudantes frustrados e chateados com o governo de Francisco Nagib.
Um dos ganhadores do concurso entrou em contato com a produção do Blog do Marco Silva e disse que esteve mais uma vez na secretaria de educação na tarde desta segunda-feira (03), onde teria sido informado que a entrega dos prêmios acontecerá somente no mês de agosto.
O motivo de tanta demora para entregar produtos de valores tão insignificantes para uma prefeitura que já faturou cerca de R$ 80 milhões em seis meses de governo é um mistério que somente pode ser desvendado pelo chefe do poder executivo, Francisco Nagib.

Prefeito Nagib recebeu quase R$ 80 Milhões em apenas seis meses de governo

O prefeito Francisco Nagib completou seis meses de governo no último dia 30 de junho de 2017.  Nesse período o administrador do município de Codó recebeu uma enorme quantidade de recursos enviados pelos governos do estado e federal. Foram exatos R$ 79.419.599,98 (setenta e nove milhões, quatrocentos e dezenove mil, quinhentos e noventa e nove reais e noventa e oito centavos).
A Prefeitura Municipal de Codó recebeu, em média, R$ 438.782,32 (quatrocentos e trinta e oito mil, setecentos e oitenta e dois reais e trinta e dois centavos) por cada dia de governo no ano de 2017.

Se o prefeito Francisco Nagib continuar recebendo uma média tão alta de recursos por dia de governo, finalizará o ano de 2017 com cerca de R$ 160 Milhões nas contas da prefeitura de Codó.

Codoense procura por irmã que não vê há 62 anos e estaria em um povoado de Timbiras

O senhor José Sofia, de 86 anos, está à procura da irmã (por parte de pai) que não vê a cerca de 62 anos, o codoense lembra-se de poucos detalhes sobre sua irmã, ele sabe que o primeiro nome dela é Marcelina e que é filha de uma mulher chamada Melia e de seu pai Domingos Sofia.
Segundo ele, Marcelina nasceu em 1944 na localidade Carioca, município de Timbiras. Os dois irmãos moravam no povoado Queimadas, que na época pertencia ao município de Bacabal e atualmente faz parte do município de São Mateus.
O senhor José Sofia afirma que ao se separarem a sua irmã foi lavada para morar em uma localidade chamada QUEBRA que fica em Timbiras, foi a última vez que ele teve informações sobre ela.
Pedimos que alguém que tenha qualquer informação sobre a irmã do senhor Sofia que entre em contato através dos números de telefone celular do Blog do Marco Silva.
Número da OI e WhatsApp: (99) 9 8857-4056
Número da TIM: (99) 9 8110-3135

‘Intimado porra nenhuma’, afirma aliado de Sarney procurado pelo Supremo

Quando um dos quatros oficiais de Justiça do STF (Supremo Tribunal Federal) recebe a incumbência de entregar uma intimação para o deputado federal Roberto Góes (PDT) – aliado do ex-senador José Sarney no Amapá –, já sabe: serão muitas horas, ligações e tempo perdidos na missão de localizá-lo.
“Intimado porra nenhuma”, respondeu o parlamentar em fevereiro passado, ao telefone, para um dos oficiais do tribunal, conforme certidão lavrada por três servidores do STF e anexada aos autos de um dos seis inquéritos contra o parlamentar.
“De todos os investigados e processados perante o Supremo, o deputado é o único que adota uma postura reiterada de não se dispor a receber as comunicações processuais”, escreveram os oficiais em certidão no inquérito.
Como é alvo de dez ações penais no STF, além de investigado nos inquéritos, o ex-prefeito de Macapá (2009-2012), presidente da Federação Amapaense de Futebol e ligado à cúpula da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) tem que ser constantemente notificado para comparecer a interrogatórios ou apresentar defesas.
Góes é acusado ou suspeito de supostas irregularidades quando esteve à frente da prefeitura. No ano passado, foi condenado a dois anos e oito meses de reclusão por ter retido e usado, sob argumento de dificuldades financeiras do município, para quitar os salários dos servidores, R$ 8,5 milhões descontados da folha de pagamentos no sistema de crédito consignado.
Entre as dificuldades para localizá-lo estão as ausências na Câmara. Levantamento feito pela Folha nos registros da Casa mostra que Góes esteve ausente em 75 das 94 sessões ordinárias e extraordinárias realizadas neste ano até quarta-feira (28).
Os motivos são vários, com destaque para licenças de tratamento de saúde. Na quarta, assessores informaram que ele estava com dengue.
Em maio, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, concordou em pedir que o deputado fosse ouvido por escrito pela Polícia Federal: “Ao que tudo indica, o investigado tem empreendido formas de furtar-se às notificações”, escreveu.
Os papéis narram o périplo dos oficiais, que incluem visitar o gabinete na Câmara, procurar sua residência em Brasília e buscá-lo por telefone e aplicativos de mensagem.
Após seis visitas ao gabinete, sem sucesso, um oficial encontrou em documento do STF um endereço residencial do parlamentar. No local indicado, a portaria informou que “não havia qualquer morador naquele condomínio com o nome do parlamentar”.
O oficial conseguiu localizar Góes por telefone. O deputado disse que estava no Amapá, mas viajaria para o Qatar em seguida. O servidor então disse que, “diante da dificuldade de encontrá-lo em todas as datas” anteriores, o intimava pelo telefone a comparecer a audiência no Supremo agendada para o último dia 15 de fevereiro.
“O deputado afirmou que não viria a Brasília naquela data e que ‘não estaria intimado porra nenhuma’. Disse que o advogado entraria em contato e desligou o telefone.”
OUTRO LADO
A defesa do deputado afirmou que ele deve ser procurado pelo STF para intimações em Macapá, pois se encontra “afastado em licença para tratamento de saúde”.
“Estamos peticionando em todos os inquéritos e ações penais para explicar essa situação”, informou o advogado Luís Henrique Machado.
“Não adianta os oficiais de Justiça irem ao seu gabinete em Brasília, porque ele está em licença com atestado de saúde. Pelo fato de estar afastado, ele não tem ido ao Congresso”, informou Machado.
Sobre o deputado ter usado a expressão “porra nenhuma”, a defesa disse que o parlamentar “já se retratou nos autos por um eventual mal entendido”.
O advogado afirmou ainda que o deputado tem se defendido em todas as instâncias para provar sua inocência. A defesa já recorreu à condenação do ano passado e disse que ela é “absurda”, pois o deputado não se apropriou do dinheiro e apenas o usou para quitar compromissos do próprio município.

Folha de São Paulo Com Redação do Jornal Pequeno

SBT toma decisão em relação a abandono de Maisa e brigas de Flor e Livia no “Programa Silvio Santos”

O “Programa Silvio Santos” que foi ao ar na noite deste domingo (2) mostrou uma edição “censurada”. Na atração, dois momentos eram aguardados. O primeiro deles referia-se ao abandono de palco da jovem Maisa. Para quem não sabe, ela deixou as gravações da atração, após Silvio Santos promover um novo encontro entre ela e Dudu Camargo. A repercussão durante toda a semana foi muito grande e especula-se que a mãe da jovem atriz teria ameaçado entrar com uma petição na justiça para impedir a exibição do quadro. O SBT, por meio sua assessoria, desmentiu tal informação.
Em outro momento bastante aguardado, Livia Andrade e Flor teriam brigado feio durante o “Jogo dos Pontinhos”. O que foi noticiado na semana é que o embate entre as duas teria sido tão pesado, que Flor teria ficado extremamente chateada. Foi noticiado, inclusive, que a apresentadora precisou ir até o ambulatório, algo desmentido pela própria Flor.
O fato é que para evitar mais polêmicas, o SBT optou por não levar nenhum dos dois quadros mencionados ao ar. Maisa não teve o nome dela exposto mais uma vez e Silvio Santos se limitou a dizer que “Lívia e Flor realmente não se dão bem” durante o quadro. Vale dizer apesar da edição, que não levou a briga ao ar, durante o “Jogo dos Pontinhos” as alfinetadas correram soltas entre Lívia e Flor, principalmente por parte da primeira.

Fonte: O TV Foco

Quase 900 obras em andamento elevam renda e qualidade de vida dos maranhenses

A expansão das ações de infraestrutura, com obras públicas, é uma das principais estratégias do Governo do Maranhão para investir em desenvolvimento e qualidade de vida para a população, contribuindo para a geração de trabalho e renda, num momento em que a crise nacional ameaça o emprego em todo o país. Os avanços na infraestrutura correspondem a 61,6% dos investimentos do Governo do Maranhão.
Somente com pavimentação, requalificação, construção e melhorias de rodovias, ruas e avenidas, por meio do Programa Mais Asfalto, estão sendo injetados R$ 736,8 milhões na economia desde o início de 2017. Em 2016, a gestão estadual investiu mais de R$ 1 bilhão no setor.
Outro importante conjunto de obras no Estado é direcionado para solucionar o histórico problema de falta de abastecimento de água e esgotamento sanitário. O governo já executou R$ 1,6 bilhão nos programas Água Para TodosPAC Saneamento e Mais Saneamento, conduzidos pela Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema).
Até o final de 2018 serão investidos R$ 2,3 bilhões em obras de Recuperação de Sistemas de Abastecimento de Água em 81 municípios, entrega de kits sanitários, ampliação de redes de distribuição, incluindo as cidades do Plano Mais IDH, além de implantação de redes coletoras de esgotamento sanitário e despoluição e revitalização de rios. Em julho, a Caema entregará duas importantes obras na capital maranhense: o Novo Sistema Paciência e a Lagoa da Jansen.
Mais Escolas e Hospitais
Dentre os investimentos que receberam reforço no primeiro semestre e terão continuidade ao longo de 2017, estão o Programa Escola Digna e as obras de construção e reforma de hospitais. São R$ 66,2 milhões investidos na reconstrução e na reforma de escolas da Rede de Ensino Médio, além de construção de escolas de alvenaria em substituição a escolas de taipa nos povoados mais distantes das sedes dos municípios.
Para construção e reforma de hospitais são R$ 131,1 milhões, incluindo o novo hospital dos servidores públicos em São Luís, com obras avançadas.
Obras em Logística Portuária
Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap) investe R$ 121,1 milhões no Porto do Itaqui, além de garantir investimentos privados de R$ 1,5 bilhão. Os recursos estão sendo usados para a modernização de terminais, construção de berços e melhorias de acesso ao Porto.
Ações para garantir mais empregos
Além das obras públicas em todas as áreas, o governo criou estratégias para garantir empregos na construção civil, um dos setores mais impactados pela crise. Com o Cheque Minha Casae o Mutirão Rua Digna, além de gerar melhorias nas residências e espaços de convivência de famílias em situação de vulnerabilidade, o governo garante mais postos de trabalho.
O Cheque Minha Casa injeta R$ 20 milhões no setor da construção civil para reformar e ampliar as habitações de quatro mil famílias na Grande Ilha. Já o Mutirão Rua Digna oferece serviços de pavimentação em vias públicas, pequenas obras e serviços complementares de infraestrutura nos municípios da Ilha de São Luís e nas 30 cidades do Plano Mais IDH, totalizando um investimento de R$ 6,8 milhões.
“Com mais investimentos, criamos um ciclo virtuoso. Investimentos geram mais empregos e renda, que geram mais consumo, mais produção e, por sua vez, ainda mais empregos. Para garantir a continuidade desses investimentos, ajustamos o plano de trabalho e definimos um calendário de obras”, diz o secretário de Estado de Infraestrutura, Clayton Noleto, ao explicar o esforço do governo para garantir a execução das obras.

Ascom

Governo do Estado envia 9 km de asfalto para a prefeitura de Codó recuperar as ruas da cidade

O Governo do Estado do Maranhão enviou cerca de nove quilômetros de asfalto para a prefeitura de Codó melhorar a mobilidade dos codoenses aplicando na recuperação da massa asfáltica de ruas e avenidas da cidade.
Cerca de R$ 2 milhões serão investidos nessa primeira etapa de execução do programa “Mais Asfalto” no município de Codó. A Avenida 1º de Maio, bairro Santo Antônio, foi a primeira via a ser parcialmente recuperada.
Segundo o Superintendente de Reordenamento Agrário do Estado, Pedro Belo, o asfalto enviado pelo Governo Estadual vai proporcionar mobilidade urbana e qualidade de vida para a população de Codó.
“Muitas ruas de Codó estão com sua trafegabilidade comprometida devido ao excesso de buracos, portando o asfalto que Codó está recebendo representa um sonho para os moradores que ficarão muito gratos ao governador, pois jamais vão esquecer esse benefício que vai melhorar e mudar a vida de todos” comentou.

O ritmo das obras está em processo acelerado para que os moradores de várias ruas e avenidas possam rapidamente desfrutar de um asfalto novo e de qualidade.