Rodrigo Figueiredo prova que governo mentiu ao afirmar que não cobra taxa dos feirantes do mercado central

A Câmara Municipal de Codó realizou nesta segunda-feira (27) a sua 7º sessão ordinária do ano de 2017. Muitos assuntos importantes foram discutidos e várias indicações foram debatidas e aprovados pelos parlamentares codoenses.

O vereador Rodrigo Figueiredo voltou a falar sobre a polêmica envolvendo a cobrança de taxas dos feirantes do mercado central. Após o governo municipal usar a imprensa para negar a cobrança dos impostos, o edil foi procurado por pequenos comerciantes que lhe passaram copias de documentos que comprovam a cobrança abusiva de taxas.

“O governo usou a mídia para dizer que não estava cobrando impostos de pessoas de Codó. É mentira, cobrou sim e aqui eu trago os documentos, esse documento é um documento oficial da prefeitura municipal de Codó, do governo do prefeito Francisco Nagib, que tentou enganar a população ao dizer que só cobrava pessoas de fora, obviamente que ele cobra pessoas de fora, mas também cobrou pessoas de Codó. O documento está assinado pelo fiscal da prefeitura e está assinado pela senhora que recebeu a cobrança (…)”, disse.

O vereador Rodrigo Figueiredo lamentou a insensibilidade do governo municipal em ter cobrado a taxa de uma pequena comerciante duas vezes em apenas sete dias.

“No dia 30 de janeiro de 2017 a prefeitura de Codó cobrou uma taxa no primeiro mês do governo de Francisco Nagib e essa senhora que é vendedora de confecção pagou a taxa. Essa cobrança é semanal, pois no dia 06 de fevereiro, uma semana depois, a prefeitura voltou a cobrar essa senhora e ela deve que pagar novamente. Essa senhora é uma lutadora, batalhadora e que tenta sustentar sua família através de muito trabalho, e a prefeitura de Codó com toda sua insensibilidade em vez de querer ajudar a crescer, quer é taxar as pessoas humildes de Codó”, lamentou.

Revoltado com a maneira como a prefeitura usou a mídia para distorcer as informações verídicas sobre a cobrança de imposto municipal, o parlamentar pediu que o governo municipal assuma seus atos e admita que cobrou as taxas dos feirantes do mercado central.

“O mínimo que a prefeitura tem que fazer é assumir seus atos, o que eu acho errado é eles fazerem de uma maneira e na mídia tentar passar outra coisa. Portanto a prefeitura de Codó MENTIU e faltou com a VERDADE ao nosso povo que os elegeu. Eu ainda não tinha visto em Codó um governo tão ruim, tão fraco, tão incompetente como este que está em Codó, finalizou.

Ascom – Vereador Rodrigo Figueiredo

Comentários somente via Facebook
Continue Reading

Diretor da UPA se manifesta sofre truculência e abuso de poder praticados pelo vereador Valdek Frota

Funcionários e pacientes da Upa de Codó presenciaram cenas vergonhosas no dia 16 de março de 2016 quando o vereador Valdek Frota chegou na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), usando de abuso de poder e ao mesmo tempo tentando insuflar os pacientes contra os funcionários do local.

O fato inusitado que entristeceu a todos os funcionários e o público presente ocorreu em virtude do vereador ter gritado em alto e bom tom que era uma autoridade e que necessariamente merecia um atendimento diferenciado dos demais, descontrolado, o parlamentar chamou os funcionários de palhaços.

Nesta segunda-feira (27) o vereador Valdek Frota usou o microfone da Câmara Municipal de Codó para atacar o jornalista Marco Silva (veja na matéria abaixo) que noticiou o fato, sensibilizado com o que aconteceu com o profissional da comunicação e ciente da atitude vergonhosa que o parlamentar codoense teve dentro da UPA, o diretor geral da unidade – Antônio Braúna, usou as redes sociais para se pronunciar sobre o caso. Confira:

Comentários somente via Facebook
Continue Reading

Após tratar funcionários da UPA com truculência e abuso de poder vereador parte pra cima do Blog do Marco Silva

O assunto mais discutido na sessão desta segunda-feira (27) foi o caos em que se transformou a saúde de Codó. O caso de Dona Ednalda e seus dois filhos gêmeos que perderam a vida na semana passada dentro do hospital do município foi o mais lembrado pelos edis. O Vereador Pastor Max lamentou o acontecido com a senhora grávida e culpou a falta de humanização dos profissionais que trabalham no HGM.

“Pelos relatos obtidos através da mídia social uma série de fatores levaram a esta terrível situação, mais uma eu destaco, a falta de humanização de vários profissionais de saúde que atenderam o caso e que foi decisivo para que este mal acontecesse”, lamentou.

Durante seu discurso o parlamentar codoense lembrou que o problema também existe na UPA de Codó, neste momento foi interrompido pelo vereador Valdek Frota que aproveitou para se defender da matéria que foi publicada no Blog do Marco Silva no dia 18 de março de 2017 (reveja aqui).

“Inclusive ouve um mal entendido a uns 10 dias atrás, eu cheguei com meu filho que tem somente sete meses de idade e meu filho estava gripado, já a dois, três dias sem se alimentar, não dormia. Fui para a UPA e a primeira coisa quando eu cheguei na porta o vigia disse ou entra a mãe com a criança ou o pai fica aqui fora, aí você está com a criança debilitada, a mãe estressada de tanto perder sono e o pai não pode acompanhar a mãe (…). Lá Pastor Max me disseram que eu tinha que consultar meu filho era em um posto de saúde e que lá era pronto atendimento”, argumentou.

Sem ao menos saber como explicar o péssimo comportamento que teve no dia 16 de março, quando GRITOU em ALTO e BOM TOM que era uma AUTORIDADE e que necessariamente MERECIA um ATENDIMENTO DIFERENCIADO dos demais, e que de forma descontrolada chamou os funcionários de palhaços, o parlamentar baixou o nível e partiu para cima do jornalista Marco Silva.

“Agora eu desafio qualquer blogueiro dessa cidade que leve um filho seu e amarraram se ele fica calado, nenhum, nenhum, principalmente esse blogueiro que não consegue sucesso em sua vida profissional. É preciso que se tenha coerência, é preciso que se tenha respeito também as pessoas. As pessoas não procuram ver os dois lados, eles não respeitam as pessoas, não procuram saber o que de fato aconteceu, ele quer jogar aí não interessa”, esbravejou o vereador.

Valdek Frota um vereador descontrolado

O vereador MENTE quando diz que eu não procurei ouvir os dois lados, pois eu liguei para ele um dia antes de publicar a matéria, e o que ele relatou foi que tinha sido apenas um mal entendido. Mas que mal entendido é esse que usa da truculência e abuso de poder para intimidar os funcionários que estavam ali apenas seguindo um protocolo que é padrão de todas as UPAs do Brasil? Que mal entendido é esse que tenta usar o cargo de vereador para se beneficiar e tentar humilhar um funcionário público que está apenas trabalhando? A verdade é que o vereador errou, mas não é humilde o suficiente para assumir.

O vereador Valdek Frota tem que entender que seus erros e acertos estão sujeitos as críticas da mídia especializada, assim como da própria população. O edil deveria respeitar o livre trabalho da imprensa e caso se sentisse prejudicado que procurasse o caminho de pessoa civilizada, que é o diálogo, solicitando o direito de resposta e não atacando covardemente o jornalista Marco Silva que apenas está fazendo o trabalho de bem informar a população.

A verdade continuará sendo mostrada no blog

Garanto aos meus milhares de leitores que o Blog do Marco Silva jamais deixará se intimidar por políticos que acham que ainda estamos na época da ditadura militar e que a imprensa deve ser subserviente aos seus obscuros desejos. Tenham certeza que seguirei firme mostrando a verdade que tanto incomoda algumas autoridades do nosso município.

Comentários somente via Facebook
Continue Reading

Francisco Nagib faz visita surpresa ao HGM e deve anunciar mudanças ainda hoje

O prefeito de Codó, Francisco Nagib, do PDT, demonstrou preocupação com a situação do Hospital Geral Municipal, unidade maior de saúde  que recebeu com vários problemas, problemas estes que estão vindo à tona um atrás do outro desde que assumiu o governo.

Ontem, 27, o gestor visitou o HGM, após chegar de viagem à trabalho quando então participou, no auditório da FIEMA, em São Luís,  do Seminário Revitalização dos Rios Maranhenses e suas Nascentes, realizado pelo Instituto Cidade Solidária e pelo gabinete do Senador da República Roberto Rocha, além de ter firmado parceria para dessalinização de água salobra em poços artesianos semi-inutilizados, noutra solenidade com o governador Flávio Dino.

Francisco Nagib foi ao hospital sem avisar, acompanhado do vereador Leonel Filho, líder da bancada do governo na Câmara.

Dentro foi acompanhado pelo diretor Messias Néres quando então viu de perto a situação de alguns aparelhos e  equipamentos, inclusive do centro cirúrgico,   ouviu pacientes e profissionais da saúde da área de enfermagem e, principalmente, os médicos que também lhes prestaram informações em cada setor visitado.

MUDANÇAS URGENTES

O prefeito saiu consciente de que é preciso, de maneira urgente, realizar algumas mudanças dentro do hospital para que erros que têm causado muitos transtornos à população, inclusive com denúncias de mortes, sejam eliminadas do cotidiano de um dos maiores hospitais da região dos Cocais.

Ainda hoje, 28, o prefeito cuidará de realizar estas mudanças que considera necessárias, quando, então,  pretende anunciá-las aos codoenses que aguardam, avidamente, por melhorias.

A atitude é elogiável porque do jeito que está não pode ficar.

Fonte: Blog do Acélio

Comentários somente via Facebook
Continue Reading

SEMA participa do II Conferência Nacional de Educação Escolar Indígena

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais (SEMA), por meio da Superintendência de Educação Ambiental, participou dos encontros locais preparatórios para a II Conferência Nacional de Educação Escolar Indígena (II CONEEI), nas aldeias de Cururu e Turizinho, no mês de março.

A Conferência irá instituir um espaço de diálogo e pactuação entre os povos indígenas, representantes das secretarias estaduais e instituições que lidam com a causa indígena. O objetivo é assegurar maior autonomia dos povos indígenas no âmbito da educação escolar, discutindo novos caminhos, avanços e a qualidade do ensino.

As conferências locais são uma maneira de dar voz a diferentes segmentos envolvidos nas questões indígenas, para que eles possam expressar seus consensos com relação ao papel que a educação escolar deve assumir no fortalecimento cultural e na construção da cidadania indígena, discutindo os avanços conquistados e desafios que precisam ser enfrentados para a efetivação de uma educação escolar associada aos seus projetos societários.

As propostas construídas em cada conferência local irão compor um documento base da II CONEEI, que está estruturada em torno de cinco Eixos Temáticos: Organização e Gestão da Educação Escolar Indígena; Práticas Pedagógicas Diferenciadas na Educação Escolar Indígena; Formação e Valorização dos professores Indígenas; Políticas de Atendimento à Educação Escolar Indígena na Educação Básica e Educação Superior. Tendo como responsáveis as secretarias de Estado de Meio Ambiente, dos Direitos Humanos e Participação Popular, Igualdade Racial, Fazenda e Universidade Estadual do Maranhão.

Após as etapas locais, será realizada a etapa regional no final do primeiro semestres deste ano com a participação dos estados de Maranhão, Tocantins, Mato Grosso e Goiás e, posteriormente, no final do segundo semestre deste ano, da II Conferência Nacional de Educação Escolar Indígena, em Brasília.

Asom

Comentários somente via Facebook
Continue Reading

Ciro Gomes desafia o juiz Sérgio Moro a prendê-lo e diz que o receberá na bala

Sem papas na língua e do tipo de nordestino que não leva almoço pra janta, o ex-ministro da Integração Nacional no governo Lula, Ciro Gomes (PDT) – e provável pré-candidato a presidente para as eleições de 2018, em vídeo, desafiou o juiz Sérgio Moro a prendê-lo e garantiu que recebe “a turma de Moro na bala”.

“Hoje esse Moro resolveu prender um blogueiro. Ele que mande me prender, eu recebo a turma dele na bala”, disse Gomes. Confira no vídeo abaixo:

Fonte: Luís Cardoso

 

Comentários somente via Facebook
Continue Reading

A TELÃO SHOW LOCAÇÃO dispõe do mais moderno TELÃO da cidade que vai atender todos os tipos de eventos

Que tal dar uma incrementada em seu evento?

Que tal usar a tecnologia para deixar seu e evento mais atraente?

Nós temos a solução ideal para deixar seu evento ainda mais atrativo.

A TELÃO SHOW LOCAÇÃO dispõe do mais moderno TELÃO da cidade que vai atender todos os tipos de eventos.

Temos telas de 90, 120 e 160 polegadas e projetores de alta tecnologia.

Temos também uma grande quantidade de clips e shows para animar sua festa.

Confira nossos preços:

Aniversários de crianças 140,00

Aniversários de adultos 180,00

Casamentos 220,00

Cinema comum e Cinema 3D: 150,00

Transmissão de jogos: 120,00

Outros eventos 200,00

Comentários somente via Facebook
Continue Reading

Governo apresenta Projeto de Lei que apoia a conservação e recuperação ambiental

O Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais (Sema), apresentou ao Governador Flavio Dino e demais autoridades, nesta sexta-feira (24.03) o Projeto de Lei do Programa Maranhão Verde, destinado a fomentar e desenvolver projetos voltados para Apoio à Conservação e Recuperação Ambiental.

A ação tem entre os principais objetivos incentivar e promover a recuperação e conservação dos ecossistemas; promover a cidadania, a melhoria das condições de vida e a elevação da renda da população em situação de extrema pobreza que exerça atividades de conservação e recuperação dos recursos naturais; incentivar a participação de seus beneficiários em ações de capacitação ambiental, social, educacional, técnica e profissional.

A execução do Programa é de responsabilidade da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais (Sema), a qual caberá definir as normas complementares do referido Programa.

“O Programa prevê ações de educação ambiental, capacitação da população local, produção de mudas de espécies nativas, preservação, restauração, recomposição e recuperação de áreas e monitoramento e avaliação ambiental, sendo de extrema importância para o Estado do Maranhao”, explicou o Secretário de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais, Marcelo Coelho.

Caberá aos órgãos e entidades responsáveis pelos projetos que vierem a ser executados no âmbito do Programa Maranhão Verde as ações de mobilização e sensibilização ambiental, seleção, cadastramento e capacitação de famílias beneficiárias, implementação de logística de produção de mudas, plantio e revegetação das áreas selecionadas, bem como outras ações que se fizerem necessárias.

Poderão ser beneficiadas as famílias em situação de extrema pobreza que desenvolvam atividades de conservação e recuperação nas seguintes áreas: Unidades de Conservação; projetos de assentamento, projetos de desenvolvimento sustentável ou projetos de assentamento agroextrativista instituídos pelo Instituto de Terras do Maranhão – ITERMA; territórios ocupados por ribeirinhos, extrativistas e comunidades tradicionais.

“Essas famílias interessadas em receber recursos financeiros do Programa deverão atender algumas condições, como estarem em situação de extrema pobreza, estarem inscritas em Cadastro específico do Governo do Estado do Maranhão, além de desenvolverem atividades de conservação e recuperação nas áreas citadas acima”, destacou a Secretária Adjunta de Recursos Ambientais da Sema, Talissa Moraes.

A transferência de recursos financeiros do Programa será realizada por meio de repasses bimestrais, no valor de R$300,00 por família cadastrada.

Para a execução do Maranhão Verde, será instituído um Comitê Gestor, de caráter deliberativo, para aprovar o planejamento do Programa, compatibilizando os recursos disponíveis com o número de famílias beneficiárias; definir a sistemática de monitoramento e avaliação do mesmo, além de indicar áreas prioritárias para sua implementação e criar, quando necessário, Comitês Regionais, de caráter consultivo, para acompanhamento e controle das ações.

Ascom

Comentários somente via Facebook
Continue Reading

Felipe Camarão afirma que FC Oliveira é apaixonado pela educação e mostra que desconhece a realidade de Codó

O Governo do Maranhão entregou no dia 17 deste mês o Centro de Ensino Raimundo Pinheiro Pires, anexo do Centro de Ensino Mata Roma, que fica localizado no povoado Km 17. Na oportunidade o Secretário de Estado da Educação – Felipe Camarão, exaltou o empresário Francisco Carlos de Oliveira ao afirmar que o pai do prefeito era um apaixonado pela educação. A declaração soou como um deboche para os codoenses que estavam presentes no evento e que conhecem a realidade do município em que moram.

Se o secretário de Flávio Dino tivesse tido o cuidado de conversar um pouco com a classe estudantil do município saberia que o empresário Francisco Carlos de Oliveira é tudo menos um apaixonado pela educação.

No final do ano de 2011 o pai do atual prefeito de Codó anunciou nos quatro cantos da cidade que construiria uma faculdade na cidade. A ideia teria surgido após o empresário ter visitado uma faculdade da cidade de Caxias e ter ficado encantado com a estrutura da instituição de ensino superior. O desejo de Francisco Oliveira teria aumentado após ele ter ficado sensibilizado com os codoenses que se deslocam daqui para fazer curso superior nas universidades particulares de Caxias.

Mais de cinco anos depois de ter feito a promessa, a faculdade prometida por um dos maiores empresários do Maranhão nunca saiu do papel e os codoenses terão que continuar se sacrificando em busca de uma qualificação superior. A atitude mostra que Francisco Carlos de Oliveira é um grande apaixonado pela PROMOÇÃO PESSOAL e não pela educação como foi afirmado pelo secretário de estado Felipe Camarão.

Comentários somente via Facebook
Continue Reading

Francisco Nagib se manifesta pela primeira vez sobre as mortes recentes que aconteceram no HGM

Na semana passada o HGM de Codó foi cenário de três fatos lamentáveis que resultaram na morte de cinco pessoas, um idoso, uma senhora, uma recém-nascida e dois bebês gêmeos que ainda estavam na barriga da mãe. As ocorrências que aconteceram dentro do hospital do município chamaram a atenção da população que até o presente momento não foram esclarecidas pelo poder público municipal.

5 mortes em 3 dias

O primeiro aconteceu no final da tarde da última segunda-feira (20) quando um idoso morreu depois de não conseguir atendimento médico no Hospital Geral Municipal – HGM. De acordo com Raimunda Sousa, que é neta da vítima, uma ambulância do SAMU foi chamada para leva-lo ao hospital do município, chegando por volta das sete e meia da manhã no local, onde teria ficado durante todo o dia em uma maca sem atendimento médico. (reveja)

O segundo caso é o da Senhora Ednalda Alves da Silva Cunha, de 42 anos de idade, que estava grávida de gêmeos e perdeu a vida juntamente com seus filhos após complicações em sua gestação na noite da última terça-feira (21), dentro do Hospital Geral Municipal. (reveja)

Dona Ednalda e suas duas filhas fazendo carinho na barriga da mãe que estava gravida de gêmeos

O terceiro fato lamentável envolveu uma linda recém-nascida de apenas dois dias de vida que morreu na noite da última quarta-feira (22). A criança estava internada no HGM esperando ser transferida para uma UTI em Caxias, mas devido as ambulâncias de Codó estarem quebradas a pequena Maria Vitoria não resistiu e faleceu no mesmo local onde nasceu. (reveja)

O que diz o prefeito?

O prefeito Francisco Nagib vinha se mantendo distante das polêmicas envolvendo o setor da saúde da cidade que administra. Até então o gestor ainda não havia se pronunciado publicamente sobre as cinco mortes em três dias que aconteceram dentro do HGM. Mas Francisco Nagib não pode fugir de responder uma pergunta feita por Marco Silva em um papo aberto com o prefeito que estava acontecendo na manhã deste domingo (26) em um grupo de WhatsApp. O jornalista aproveitou para perguntar o que o jovem tinha a dizer sobre as recentes mortes ocorridas dentro do hospital do município.

Faltou sensibilidade e respeito para com a população

O prefeito está correto quando afirma que no Hospital Sírio-Libanês também morrem pessoas, no entanto nenhuma delas morrem por falta de equipamentos, remédios, atendimentos, por negligencia médica, ou por simplesmente não ter uma ambulância. Pois o Sírio é um hospital administrado por pessoas sérias e comprometidas em atender bem e com qualidade seus pacientes.

A reposta do jovem prefeito só mostra o quanto ele NÃO ESTÁ preocupado com as pessoas que perderam a vida no HGM, pois mesmo quase uma semana após os acontecidos o gestor municipal nem ao menos sabe o que realmente aconteceu com as vítimas. Só nos resta lamentar o posicionamento do prefeito e torcer para que outros codoenses não morram dentro do hospital que deveria salvar vidas e não destruí-las.

Temos consciência de nossa responsabilidade em levar aos nossos leitores a verdade dos fatos independente se irão agradar as autoridades constituídas pelo povo, a exemplo do prefeito Francisco Nagib. O Blog do Marco Silva em nenhum momento passou informações contraditórias sobre os casos envolvendo o hospital do município. Tudo o que foi colocado em nosso blog veio de familiares e amigos daqueles que perderam suas vidas no local em que deveria preserva-las. O Excelentíssimo senhor prefeito precisa se preocupar MUITO MAIS em equipar e organizar o sistema público de saúde do município e não contestar o que é divulgado pela imprensa.

Comentários somente via Facebook
Continue Reading