Fotos mostram o trabalho do governo para acabar com os alagamentos próximo ao Parque Ambiental

Nos últimos dias os codoenses que moram próximos ao Parque Ambiental de Codó vinham sofrendo com constantes alagamentos causados pelas águas das chuvas. Na última segunda-feira (19) alguns moradores realizaram um protesto com o objetivo de chamar atenção do governo para o problema.
O Secretário Marcelo Coelho esteve em Codó e garantiu os moradores que resolveria o problema da área afetada. Fotos enviadas ao nosso blog mostram que a promessa foi cumprida.
Veja:

Continue Reading

Prefeito Nagib agradece emenda parlamentar ao presidente da Assembléia Legislativa do Maranhão

Esta semana o prefeito de Codó, Francisco Nagib, esteve reunido no gabinete do presidente da Assembleia Legislativa (AL), deputado Othelino Neto. Nagib aproveitou o encontro para agradecer ao parlamentar sua emenda em beneficio do povo de Codó e disse que o presidente da AL é um político ético, coerente e que tem contribuído para o desenvolvimento do Maranhão e do município de Codó.
Recebemos a emenda parlamentar destinada pelo deputado Othelino para o projeto Codó Digital, da área de informática e tecnologia da informação, que garantirá mais segurança e educação, além de democratizar o acesso à informação para a população codoense”, disse o prefeito.

Um dos benefícios está relacionado ao setor de Segurança Pública, com um sistema de monitoramento nas principais regiões do Centro da cidade e nos bairros. O Codó Digital também levará mais acesso à rede pública de ensino, melhorando o estudo e a pesquisa, não só de alunos, mas também dos professores.
Othelino Neto manifestou satisfação e alegria em receber a visita do prefeito de Codó, uma das cidades mais importantes do Maranhão. “Conversamos sobre as demandas da população codoense, os avanços do trabalho da administração de Francisco Nagib e da parceria com o governo do Estado. Disponibilizei uma de minhas emendas para um projeto que já está sendo executado pela Prefeitura. Tratamos também de outras parcerias futuras, que contribuirão para a melhoria das condições de vida do povo”, salientou

Ascom-PMC

Continue Reading

Confira as novidades da Impacto Calçados

Faça uma visita a Impacto Calçados, que fica localizada na Praça Naby Salém, no Centro de Codó.
Telefone (99) 3661-1226 ou 3661-2133
Continue Reading

Feira da Agricultura Familiar de município do Mais IDH completa um ano de sucesso

A feira da agricultura familiar no município de Santana do Maranhão, município atendido pelo programa do Governo do Estado, o plano ‘Mais IDH’, completa um ano de muito sucesso. Em sua 27º edição realizada nesta quarta-feira, 21, os feirantes aprovaram o espaço onde comercializam os alimentos fresquinhos, saudáveis e com preços acessíveis.
No município de Santana do Maranhão são atendidas 300 famílias que receberam fomento de R$ 2.700,00 reais para a implementação do sistema de produção, com destaque para criação de aves, pequenos animais e cultivo de hortaliças. Com o resultado positivo da produção, que visa primeiramente a segurança alimentar e nutricional das famílias, o excedente da produção está sendo comercializada gerando renda e dignidade as famílias.
Dona Francisca Maria conta que sempre viveu da agricultura familiar que, junto com seu esposo criou sete filhos e tudo que produzia era para o consumo da família. Com a realização das feiras da agricultura familiar a situação financeira da família melhorou bastante e agora ela só tem um desejo: Que a feira nunca acabe.
Para a realização da feira o Governo do Estado, por meio do Sistema de Agricultura Familiar (composto pela secretaria de Estado da Agricultura Familiar- SAF, Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural – AGERP e Instituto de Colonização e Terras do Maranhão – ITERMA) entregou 10 kits feiras composto por barracas, balanças, gaiolas, jalecos para as famílias que recebem acompanhamento e assistência técnica.
“É muito significativo o impacto do plano como um todo. As pessoas estão produzindo e comercializando produtos da agricultura familiar com incentivo financeiro e apoio técnico, as famílias estão recebendo kit feira para comercializar o excedente da produção porque quem planta, colhe e vende, gerando renda e dignidade. É essa transformação que estamos realizando na agricultura familiar do Maranhão”, enfatizou o secretário da SAF, Adelmo Soares.
“O Mais IDH é uma grande resposta para o Maranhão, é um novo olhar para quem era invisível. Renda, dignidade e qualidade de vida é uma realidade nos 30 municípios atendidos pelo Mais IDH”, finalizou Adelmo.
O engenheiro agrônomo do Sistema SAF, Jorge Ricardo, que acompanha as famílias no município de Santana do Maranhão, conta que não existia feira no município, que os alimentos vinham do Ceará e comercializados toda quinzena na cidade. Com a realização da Feira, que é uma iniciativa do Governo do Estado, em parceria com a Prefeitura, toda semana os agricultores familiares têm a oportunidade de comercializar sua produção movimentando a economia local.
“Além da geração de renda, as conquistas não param por aí. Nesse período os técnicos do Mais IDH, juntamente com a prefeitura municipal, conseguiram aprovar junto a câmara municipal o Regimento da Feira Livre da Agricultura Familiar, onde contém todas as orientações, direitos e deveres da prefeitura e dos feirantes”, explicou Jorge Ricardo.

Ascom

Continue Reading

Sítio São José do Otaviano está disponível para aluguel

Um dos mais belos sítios do município de Codó está disponível para aluguel. Localizado em plena zona urbana da cidade, o Sítio São José do Otaviano fica situado as margens do riacho São José e conta com uma estrutura incrível.
Interessados poderão entrar em contato através dos telefones: (99) 3661-3341 / 98172-1551

Continue Reading

Mais 4 mil pessoas receberão o Cheque Minha Casa para melhorar e ampliar moradias no Maranhão

O governador Flávio Dino anunciou, nesta quarta-feira (21), que o Maranhão vai ter um grande reforço em um dos mais importantes programas de moradia do estado em 2018. “No ano passado, 4.000 famílias foram beneficiadas com o Cheque Minha Casa do Governo do Maranhão. Agora a Secretaria de Estado das Cidades e Desenvolvimento Urbano vai chamar mais 4.000 beneficiários”, disse por meio das redes sociais.
Destinado a famílias de baixa renda, o Cheque Minha Casa foi criado para apoiar a reforma, ampliação ou melhoria de moradias já existentes, priorizando as instalações sanitárias do imóvel.
Em 2017, o programa beneficiou 4 mil famílias residentes nas cidades de São Luís, São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa.
Foram R$ 20 milhões de investimentos. Com isso, as empresas que participam fornecendo os materiais também tiveram desconto no Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) equivalente ao valor total dos materiais fornecidos, gerando trabalho, emprego e renda.
A secretária de Estado das Cidades e Desenvolvimento Urbano (Secid), Flávia Alexandrina, conta que o cronograma de 2018 está sendo definido.
“Retomaremos as entregas dos benefícios do Programa Cheque Minha Casa, que no exercício de 2017 alcançou sua meta de melhorar as condições de moradia de 4.000 famílias e o objetivo de dinamizar a economia no setor de material de construção, com elevação do número de empregos nas lojas que aderiram ao programa. Considerando o êxito comprovado do programa por meio do controle realizado pela Secid, estamos definindo as datas das entregas de mais 4.000 cheques, as quais ocorrerão nos próximos meses de abril e maio”, explicou a secretária Flávia Alexandrina.
Emoção
Os moradores que já foram contemplados em 2017 dizem que o programa representa uma oportunidade de transformação.
“Emoção. É quando a pessoa sente o que tinha acontecido na vida. E agora está acontecendo”, disse o aposentado Alan Jorge ao resumir a sensação de ter sido incluído no Cheque Minha Casa.
A dona de casa Alice Mendes contou que finalmente vai conseguir concluir a obra da casa que começou faz oito anos: “Alegria, muita alegria”.

Ascom

Continue Reading

Quadrilha volta atacar carro-forte na BR-316 entre Timon e Caxias

Nova tentativa de assalto a carro-forte ocorreu no início da noite desta quinta-feira (22) entre os municípios de Timon e Caxias, no Maranhão.
É a terceira investida de criminosos contra veículos de transporte de valores nas últimas 48 horas em rodovias do Piauí e Maranhão.
Segundo a capitã Tyciane Ibiapina, do 11º Batalhão da Polícia Militar, criminosos em três veículos atiraram contra um carro-forte na BR- 316, próximo ao Portal da Amazônia. Desta vez, eles não explodiram o veículo.
“Eles atiraram contra o carro e o motorista não parou. Um dos tiros atiraram o pneu do carro-forte e ele tombou na estrada. Eles não conseguiram levar nada”, garantiu a capitã que é relações pública do 11º Batalhão.
O crime ocorreu a 20km de Timon e guarnições da cidade buscam pistas dos criminosos.
A tentativa de assalto ocorreu por volta das 18h30.
O delegado Regional de Timon, Humaitã Oliveira, informou que o veículo seguia de Codó para Teresina e durante os tiros o motorista foi desviar dos criminosos e caiu numa ribanceira.
Os assaltantes estavam em uma  SW4 cor branca e tiveram o apoio de dois veículos mercedes sedan.
No capotamento, o motorista do carro-forte ficou preso às ferragens e foi socorrido pela ambulância do Samu. Participaram do socorro, o Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Civil do Maranhão, e o Greco, do Piauí. O vigilante Gilvani da Cruz estava com escoriações pelo corpo e havia suspeito de que teria fraturado uma das pernas. Ele foi levado para o HUT (Hospital de Urgência de Teresina) e estava consciente.

A Polícia encontrou capsula de armamento pesado  como AK47 e ponto 50. Há suspeita de que o bando é o mesmo que atuou no ataque aos veículos nas BRs 316 e 343.
Na última terça-feira (20), ações simultâneas de ataques a carro-forte quase resultam em tragédia. Quatro vigilantes foram feridos e houve a explosão de um veículo. Uma das investidas dos bandidos foram próximo a cidade de Água Branca, a 98 km de Teresina. A outra foi entre Altos e Campo Maior. Segundo a polícia, o bando levou mais de R$ 1,2 milhão.
BR fica totalmente interditada
O trecho da rodovia ficou interditado durante o resgate do vigilante. A BR só foi liberada após a chegada de outro veiculo da Prosegur que retirou o dinheiro do carro-forte. O vigilante ficou por cerca de 2h debaixo do veículo. Ao ser resgatado, ele foi aplaudido por todos os presentes.

Com informações do site CIDADE VERDE

Continue Reading

PLANTÃO POLICIAL – Kaká acaba de ser baleado em Codó

A equipe de reportagem do blog do Marco Silva transitava pela rua Santa Catarina, bairro Santa Filomena, em Codó, quando se deparou com um bandido baleado sendo socorrido por populares. O elemento que estava ferido foi identificado como Wesley da Silva, popularmente conhecido como Kaká.
Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192) foi chamada e realizou os primeiros atendimentos. O fato aconteceu no início da noite desta quinta-feira, por volta das sete horas da noite.
Uma testemunha (que não quis se identificar) revelou que Kaká foi baleado por cidadão que o flagrou furtando objetos de valor dentro de sua residência. O homem teria efetuado dois disparos na direção do bandido, no entanto apenas um o atingiu, na região na cabeça.

Kaká é um delinquente conhecido da polícia de Codó, já foi preso várias vezes por cometer diversos tipos de crimes como furtos, roubos e arrombamentos.
Continue Reading

Confira as ofertas do “DIA D” do Gomes Supermercado

Continue Reading

Prefeitura de Codó ameaça “TOMAR” a CASA de quem não pagar o IPTU

Está sendo divulgado em vários meios de comunicação da cidade, que o prazo dado pela Prefeitura de Codó para o pagamento do IPTU se encerra na próximo quarta-feira, 28 de fevereiro. A determinação é baseada no Decreto 4.152 de 27 de dezembro de 2017.
O governo argumenta que as prefeituras são obrigadas, por lei, a cobrar impostos e pede que os codoenses façam o pagamento do imposto. Se isso não acontecer o poder executivo pretende acionar o cidadão que não pagar o IPTU do seu imóvel.
Entre as medidas que poderão ser tomadas pelo governo municipal está a PENHORA DO IMÓVEL de quem estiver com débito pendente. A penhora de bens ocorre quando um devedor tem os seus bens tomados para efetuar o pagamento de uma dívida que não foi quitada em tempo. É um pedido que deverá ser feito prefeitura a um juiz e o oficial de justiça cumpre o que foi mandado a fim de garantir o pagamento da dívida.
A prefeitura garante que essa medida somente será tomada em último caso. A ameaça do governo é baseada na lei 8.009, de 1990.
O que acontece com quem não paga o IPTU
1 – A prefeitura deve notificar o contribuinte para que regularize a situação. Caso isso não aconteça, o débito vira dívida ativa.
2 – A partir daí, várias medidas podem ser adotadas, como a inscrição do passivo em cadastros de inadimplência (como SPC e Serasa) e o protesto em cartório.
3 – Isso vem dando resultado, segundo o TCE, porque o devedor protestado não consegue obter empréstimos nem fazer compras no crediário e se vê forçado a regularizar a situação. Ele também não consegue emitir certidão negativa de débito, caso tente vender o imóvel.
4 – Caso nada disso surta efeito, a prefeitura deve ingressar na Justiça. A ação pode se arrastar por anos, mas o devedor corre o risco de ter o imóvel penhorado.
Continue Reading