Gás de cozinha volta a subir em Codó e continua sendo o mais caro do Maranhão

O preço do gás de cozinha voltou a subir em Codó na última quinta-feira (12) e continua sendo o mais caro do Estado do Maranhão na pesquisa feita pela ANP (Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustível).

Até a quarta-feira (11), o produto era encontrado por R$ 80 (preço para entrega) nas três revendedoras da cidade. No entanto, o preço do produto subiu e agora custa R$ 82.

A nível estadual o preço do gás de cozinha em Codó continua sendo o mais alto nas 12 cidades pesquisadas pela ANP. Em Balsas, Barra do Corda e Pinheiro custa R$ 80, enquanto em Caxias e Imperatriz custa apenas R$ 60. O preço médio apurado no Maranhão pela ANP foi de R$ 74,26.

Qualidade e profissionalismo é na MUTANTES ACADEMIA

MUTANTES ACADEMIA é um centro de atividade física e bem-estar que tem o compromisso de proporcionar meios eficientes para a melhora da qualidade de vida. Na busca por resultados, oferece infraestrutura, atendimento, conhecimento técnico dos profissionais e assistência de primeira qualidade aos clientes.

Na MUTANTES ACADEMIA o codoense vai encontrar aula de aeróbica, aula de step, funcional, musculação e uma nutricionista.

Localização: Rua Rio Grande do Norte, número 1757, próximo ao prédio da antiga SAMEC.

Telefone/WhatsApp: (86) 99474 0673

Trineto de filha de engenheiro que ajudou a construir fábrica de tecidos em Codó procura informações

Em 1892, construía-se a primeira indústria de Codó – Companhia Manufatureira e Agrícola, de propriedade de Emílio Lisboa, tendo como engenheiro o Dr. Palmério Cantanhede.

Fábrica de tecidos de Codó (Foto: http://www.achetudoeregiao.com.br/ma/codo/historia.htm)

Codó, a partir de então, o progresso bateu-lhe à porta, o comércio em geral cresceu a cidade também; o povo agregou novos hábitos e costumes.

Com o surgimento de novos produtos utilizados pela indústria têxtil, em substituição ao algodão, as fábricas de tecidos no Maranhão, viram-se obrigadas a encerrarem suas atividades, por não poderem competir com as congêneres do Sul do país.

Fonte: CODÓ – histórias do fundo do baú – João Batista Machado – 1999.

À procura de documentos

Cerca de 126 anos após a construção desse importante empreendimento na cidade de Codó, o trineto da filha de um dos engenheiros que ajudou a erguer fábrica de tecidos em Codó entrou em contato com o blog do Marco Silva para pedir ajuda para localizar documentos que comprovem a vinda de sua parente de Portugal, no final do século 19.

Leia a mensagem na íntegra:

Victor Marcus mora em Brasília/DF (Foto: arquivo pessoal)

Estou à procura de documentos que comprovem a vinda de uma parente de Portugal, no fim do século 19.

O nome dela era Palmira de Morais Salazar. Veio com seu pai, um engenheiro que também não sabemos o nome, para ajudar na construção de uma fábrica de tecidos em Codó, a Companhia Manufatureira e Agrícola do Maranhão.

A Palmira era mãe da minha bisavó materna, e minha vó disse que o pai dela iria voltar para Portugal ao final da obra e ela resolveu fugir para ficar no Brasil.

Estamos querendo saber o nome do pai da Palmira, para ver se encontramos nos dados do arquivo nacional, que traz os acompanhantes.

E o marido da Palmira se chamava Raimundo Nonato Salazar.

Atenciosamente,

Victor Marcus

Contato: (61) 98134-8264

Ganhe até R$ 10 mil comprando seu material de construção no Comercial Centro e Comercial Avenida

No mês passado o codoense Edmilson Almeida ganhou R$ 10.502,28 no Comercial Centro e Comercial Avenida. Ele comprou material de construção parcelado pela financeira Losango e Bradesco Seguro.

Você também pode participar dessa promoção. Basta financiar seu material de construção no Comercial Centro e Comercial Avenida e torcer para ser contemplado.

Serão 12 sorteios de R$ 10 mil.

Participe!

Conselho Tutelar de Codó promove Festejo Junino recebe novo veículo e equipamentos

Em Codó, o Conselho Tutelar, com o apoio do governo Mais Avanço, Mais Conquistas, realizou o Arraial do Estatuto da Criança e Adolescente (ECA), com apresentações de Juninas e Bumba Boi. Na festa estavam presentes o prefeito Francisco Nagib, a primeira-dama, Agnes Oliveira, o secretário de governo João dos Plásticos, o Secretário de Agricultura, Araújo Neto, o vereador Pastor Max, entre outras autoridades que foram prestigiar o evento.

Dia 13 de julho, o Estatuto da Criança e do Adolescente, importante ferramenta de proteção e combate às diversas violências aos quais estão sujeitos crianças e adolescentes, completa 28 anos. Para comemorar, tivemos o prazer de prestigiar o arraial do nosso Conselho Tutela de Codó e fazer a entrega de importantes bens para o melhor funcionamento da entidade. Parabéns ao deputado e ao prefeito Nagib pelo empenho em concretizar essa importante conquista que beneficiará nossas crianças e adolescentes”, disse o vereador Pastor Max.

O arraial do ECA, além de fomentar a cultura e a diversão, celebrou a conquista de kit administrativo e de um veículo novo, fruto de uma emenda parlamentar do deputado federal Everton Rocha, representado na ocasião pelo prefeito Nagib e a secretária de desenvolvimento social, Agnes Oliveira. “Sempre procuramos ir a Brasília em busca de melhorias e coisas boas para nossa cidade. e tivemos a oportunidade de estar no gabinete do deputado Weverton Rocha e solicitar um kit contendo um veículo, cinco computadores, uma impressora, refrigerador e bebedouro. Quero agradecer a Deus, o esforço do prefeito Nagib e a vontade política do deputado Weverton Rocha”, agradeceu.

A conquista por melhores recursos de trabalho é a realização de um sonho para os conselheiros tutelares de Codó e para todos os cidadãos que se preocupam com a luta pela proteção de crianças e adolescentes em Codó. Embora a prefeitura sempre disponibilizasse um veículo para o Conselho Tutelar, o prefeito Nagib sempre lutou para que a entidade conquistasse seu veículo próprio, feito conquistado com a ajuda do deputado Weverton Rocha. “A cidade de Codó foi presenteada com uma emenda do deputado Everton Rocha, que irá melhorar os serviços dessa entidade que cuida e protege nossas crianças, que precisam de todo carinho e atenção. Considero como um gesto de amor às nossas crianças”, finalizou o prefeito.

Ascom – PMC

FOTOS – Veja como foi a última noite do Arraial de Codó

Foram cinco dias de muita beleza, diversão e alegria na Praça da Folia, que mais uma vez foi o cenário para o São João Mais Cultura, Mais Alegria. Milhares de pessoas foram até a praça pra conferir as apresentações culturais e curtir os grandes shows, com atrações locais e nacionais. No sábado, codoenses e visitantes curtiram uma grande noite ao som do forró Fruta Nativa, prata da casa. Depois foi a vez da apresentação eletrizante do Swing Black, e Marcos Clarkson encerrou ao som de muito arrocha.   

No domingo, último dia de Arraial, o público foi conferir a reapresentação da Quadrilha Unidos da Vila, que levou para o palco o tema Iemanjá e a Junina Estilizada Mandacaru, bi-campeã do São João Mais Cultura Mais Alegria. Fechando as apresentações no Tablado das Tradições Juninas, o Boi Raízes do Maranhão brindou o público com muita graça e beleza. Mais uma vez, como aconteceu durante todos os dias de arraial, o público lotou a Praça da Folia, para conferir as apresentações de Cris Lima e Gil Mendes.

Foram cinco dias incríveis. Dias de alegria, de festa,de valorização da nossa cultura, de harmonia e do grande encontro das famílias codoenses neste magnífico evento da cultura popular nordestina e do Brasil. Ficamos muito surpresos e muito felizes de como o público veio prestigiar o Arraial Mais Cultura Mais Alegria. jovens, crianças, adultos e idosos saíram dos seus lares e vieram curtir as noites calorosas aqui na Praça da Folia. Quero agradecer e parabenizar todas as quadrilhas , grupos culturais, Bumba Bois, todas a s pessoas que trabalharam e contribuíram para essa grande festa e ao prefeito Nagib por não poupar esforços para promover esta grande festa”, declarou Agnes Oliveira.

Já sentindo saudades do São João de Codó, o prefeito Nagib se despediu do público e agradeceu a participação de toda a cidade. “Quero agradecer a todos e dizer que o São João de Codó foi um dos melhores já vistos. Conseguimos realizar com grande sucesso  o 2º Arraial Mais Cultura, Mais Alegria, e constatamos isso nos depoimentos nos feirantes que colocaram suas barracas aqui nesses dias, nos comerciantes de bebidas e alimentos, nos comerciantes ambulantes e em todo público em geral. As famílias codoenses realmente vieram a praça para prestigiar e curtiu essa nossa grande festa. Mais uma vez obrigado a todos e ano que vem iremos promover um São João melhor ainda. Que Deus abençoe a todos.”, agradeceu o prefeito.

Veja mais fotos:

Ascom – PMC

Policiais do 17º BPM garantem a segurança no Tradicional Arraial da cidade

A Polícia Militar do Maranhão, através do 17º BPM garantiu a segurança do tradicional Arraial da Cidade de Codó, o evento aconteceu no período de 04 a 08/07 na Praça de São Sebastião e contou com uma estrutura de segurança capaz de inibir ações que atentassem contra a integridade física das pessoas que foram ao local.

Para garantir a segurança dos brincantes, foi montado um esquema, com o emprego de policiamento nas modalidades a pé e motorizado, o reforço de seguranças particulares, Guardas Municipais e pela primeira vez a presença do Corpo de Bombeiros Militar, distribuídos de forma estratégica nos principais pontos com patrulhas móveis.

Foram conduzidos apenas 9 pessoas à delegacia da cidade por estarem promovendo baderna dentro do arraial e uma arma de fogo tipo garrucha foi encontrada após uma abordagem a um suspeito.

Com a finalidade de garantir a segurança no trânsito, a PM também intensificou a realização de blitzen, conseguindo atingir a meta de quase zerar o número de acidentes de natureza grava durante os festejos.

ASSCOM 17º BPM

Prefeitura diminui às férias dos professores de Codó e sindicato emite nota de repúdio

A Prefeitura Municipal de Codó, através da Secretaria de Educação, divulgou um oficio comunicando os professores que trabalham na educação do campo que às férias serão de apenas nove dias, começando no dia 15 e finalizando no dia 24 de julho.

O documento explica que a medida foi tomada em decorrência do atraso no início do ano letivo e em cumprimento aos dias letivos do calendário escolar.

A decisão do governo municipal não agradou o Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal de Codó (SINTSERM), que emitiu uma Nota repudiando a medida e pedindo que os professores não acatem a ordem da prefeitura.

Confira:

 

NOTA SINTSERM

A direção do SINTSERM (Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal de Codó), vem por meio desta repudiar a atitude impositiva e arbitrária tomada pela secretaria municipal de educação contra os professores do campo, ao determinar o retorno de suas atividades no dia 24/07, desrespeitando e ferindo assim o PCCS ou estatuto do magistério em seu artigo 88, onde diz que:

O recesso escolar no mês de julho nunca será inferior a quinze dias úteis e deverá estar previsto no calendário escolar do respectivo ano letivo, portanto, companheiros (as) professores do campo devemos nos posicionar contra, não acatando à esta ilegalidade e pressão imposta pela secretaria de educação numa tentativa também de retirada de direito.

        A diretoria.